SEARCH
TOOLBOX
modified on 3 de dezembro de 2015 at 18h55min ••• 6 363 views

Saúde - Estética

De Wiki.dois

Saudeesteticacapapronta.JPG

Saúde - Estética

  • Data de Publicação: 21 de fevereiro de 2009



Tabela de conteúdo

Saúde

Especial Estética

  • Beleza também é sinônimo de saúde
  • Conheça os benefícios da medicina estética, os perigos da lipoaspiração e a nova estética dos olhos


Beleza desde sempre

Você sabia?

Que na Grécia Antiga, Platão foi o primeiro a formular explicitamente a pergunta: O que é o belo? Para ele, a beleza existe em si, separada do mundo sensível. Uma coisa é mais ou menos bela conforme a sua participação na idéia suprema de beleza. Sócrates achava que o belo era uma concordância observada pelos olhos e ouvidos. Nas reflexões de Aristóteles sobre a arte, dominam as idéias de limite, ordem e simetria. Sabendo disso, não fica difícil de entender como evoluiu o padrão de beleza atual e porque a estética perfeita exige, assim como no passado, concordância. Para ficar em dia com a beleza, rosto e corpo devem ser harmônicos. Mas, principalmente, saudáveis. Não perca as dicas deste mês e saiba do que estamos falando.


Foto platãofotoumpaginadoisvocesabia.jpg

O que diria Platão hoje sobre a busca pelo corpo perfeito? Fica a dica de reflexão.

Créditos: Divulgação


Sorria! É esse o seu cartão de visitas

Desde o princípio dos tempos as pessoas procuram alcançar o ápice da beleza. E, como não poderia deixar de ser, essa busca é mais acentuada nas mulheres. Entretanto, hoje elas são seguidas pelos homens. O mais interessante é que não se trata somente de uma questão de beleza. A exigência tornou-se sinônimo de saúde e, até cartão de visitas no mercado de trabalho. Para enfrentar uma entrevista de emprego e obter uma boa oportunidade, as dicas variam entre roupas discretas e comportamento expressivo. Mas tem mais um item indispensável: o sorriso. Pensando nisso, a odontologia aprimorou suas técnicas e, ao que tudo indica, os problemas de espaço entre os dentes, manchas, restaurações metálicas e antiestéticas parecem fazer parte do passado. A Odontoplan, clínica localizada em Santa Maria, é um exemplo em Odontologia Estética. Segundo seus profissionais, a área demanda atenção aos desejos do paciente e ao tratamento dos seus problemas individuais. Conheça alguns procedimentos:


Foto odontoplanfotodoispaginadoisodontosorria.jpgFoto odontoplan2paginadoisfototresodontoplancartaovisita.jpg


Na Odontologia Estética, o essencial é a atenção aos desejos do paciente e o tratamento de seus problemas individuais.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann



  • Piercing dental: Jóias sempre renderam um bom efeito no visual. E, agora, os dentes podem ser enfeitados. Segundo a cirurgiã-dentista Fernanda Souza, o acessório é colado diretamente na estrutura dental, contudo, sem comprometê-la nem desgastá-la.
  • Implantes osseointegráveis: A técnica é adotada para tratar áreas desdentadas, onde, através da análise dos tecidos, define-se a atuação cirúrgica e protética para cada caso. De acordo com Marcos Falleiro, especialista em Implantodontia, assim restauram-se mastigação e fonética do paciente e a estética de seu sorriso.
  • Próteses dentárias: A especialista em Prótese Dentária, Tatiana Souza, conta que os novos materiais e técnicas oferecem próteses que, além de resistentes, podem ser de cor semelhante aos dentes naturais, tornando a prótese fixa quase imperceptível. Ela conta ainda que novas tecnologias permitem também corrigir imperfeições nos dentes da frente, como dentes escuros, tortos ou de diferentes tamanhos através de facetas de porcelana, uniformizando-os quanto à forma, cor e tamanho.
  • Ortodontia: Para quem não sabe, os dentes tortos ou que não se encaixam corretamente são difíceis de serem mantidos limpos, podendo ser perdidos precocemente, devido à cárie e à doença periodontal. Também causam um estresse adicional aos músculos de mastigação, o que pode levar a dores de cabeça, e dores na região do pescoço, além de outros problemas. Com o tratamento ortodôntico pode-se corrigir alterações de posição dos dentes, devolvendo ao paciente um sorriso bonito e agradável, elevando sua auto-estima.
  • Cirurgia Plástica Periodontal: O procedimento, conforme a especialista em Periodontia, Regina Miranda, é o tratamento adotado para as retrações gengivais, que consiste na correção ou eliminação de deformidades anatômicas e retração traumática da gengiva. A retração é a exposição da superfície da raiz do dente devido a um deslocamento da gengiva.
  • Clareamento Dental: A cirurgiã-dentista Dayane Ferri revela que um dos procedimentos mais procurados por quem busca um sorriso perfeito é o clareamento dental, que pode recuperar a cor original, ou tornar os dentes ainda mais brancos.


Tratamento & Retorno

Sorriso harmônico, sorriso saudável

Foto estelapaginaumdentistapaginatres.JPG

Temos de buscar dentes que estejam em harmonia com as estruturas faciais.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann


Parece que finalmente as pessoas estão se conscientizando de que o dito popular “a saúde começa pela boca” é verídico. Mas, atenção, não é a qualidade de vida a primeira razão da lista de quem busca um sorriso harmônico. É a beleza! Para a cirurgiã-dentista Estela Maris Jurach, especialista e mestre em Ortodontia, o desejo de manter-se bem e feliz consigo mesmo é importante. Ela revela que na busca pela perfeição estética, o paciente pode descobrir que a ausência de harmonia facial é inclusive a causa de outros problemas que afetam seu bem estar. A ortodontista conta que o desejo – e até sonho para alguns - de parecer atraente já não é mais considerado um sinal de vaidade. A face é a parte mais exposta do corpo e a boca uma característica proeminente. Isso significa que o primeiro passo para quem deseja a melhoria estética é observar o papel dela na composição do rosto. Muitas vezes, conforme a dentista, não adianta fazer uma plástica quando a causa do problema está na falta de suporte dental para os lábios ou na inadequação das dimensões faciais também por problemas dentários.

O que poucas pessoas sabem é que a busca pelo sorriso perfeito deve iniciar com duas atitudes fundamentais. A primeira delas é a escolha de um profissional registrado no Conselho Regional de Odontologia como Ortodontista. O segundo cuidado, também imprescindível, é a exigência de um plano de tratamento que forneça todas as informações necessárias acerca dos resultados estéticos que serão obtidos com vistas na harmonia da face e do sorriso. De acordo com a dentista, não basta pensar na boca ou nos dentes de forma isolada. Toda avaliação exige um estudo do contexto, do biotipo e da busca pela qualidade de vida do paciente. Não basta obter um sorriso que agrade a ele e as pessoas que com ele convivem. “Não é apenas o alinhamento o objetivo, mas também a função adequada da mastigação e, inclusive, da fonação e respiração, entre outros aspectos que merecem atenção e, é claro, estética”, diz Estela.

A especialista, que estabelece parceria com outros profissionais, como fonoaudiologistas, fisioterapeutas, cirurgiões buço-maxilo faciais e otorrinolaringologistas para disponibilizar o tratamento adequado, conta que em alguns casos não é uma opção de ganhar ou não uma aparência melhor, mas de viver bem. Segundo a dentista, o fato é que nem sempre o ideal estético pode ser alcançado para um determinado tipo de face. “Para o tratamento ter resultado, o paciente precisa compreender que o sorriso precisa ser harmônico uma vez que é assim que a natureza se apresenta. Temos de buscar dentes que estejam em harmonia com as estruturas faciais”, alerta. E, por isso saúde e estética andam juntas. É uma questão de resultados. Sorriso harmônico é sorriso feliz. Sorriso harmônico é sorriso saudável.


Perfilfotoumpagina3odontoperfil.jpgSorriso 2fotodoispaginatressorriso.jpg

Não basta pensar na boca ou nos dentes de forma isolada. Toda avaliação exige um estudo do contexto.

Créditos: Arquivo Estela Maris Jurach



Vida & Saúde

Em nome da beleza, a tecnologia

O medo da velhice e a angústia por ver no espelho a beleza perder-se no tempo revelam o anseio para retardar as conseqüências da idade. E essa insegurança não é nenhum pecado. Envelhecer com mais vigor e qualidade de vida é um desejo comum e, atualmente, com a evolução da tecnologia, uma vontade possível. Especialmente no que diz respeito a pele, o verdadeiro espelho do corpo e o mais fiel indicativo do tempo. É sobre o que fala a Drª Fabíola Kleinert, médica esteta, proprietária da Clínica MedSpa, em Santa Maria.

A especialista explica que a pele “exerce grande influencia na comunicação visual, tátil e sensorial, representado e expressando o nosso equilíbrio interior para o meio externo”. Ao longo dos anos, assim como os demais órgãos do corpo, ela sofre alterações e envelhece. Entre outras consequências, ocorre a perda de elasticidade e o aparecimento de manchas, rugas, poros dilatados, vasinhos, aspereza, falta de viço e flacidez, que tendem a progredir. De acordo com a Drª Fabíola, são várias as técnicas que existem para tratar os sinais do envelhecimento cutâneo. “Quanto maior a profundidade das lesões, mais agressivo tende a ser o procedimento, maior o tempo de recuperação do paciente e maiores os riscos de complicações”, diz ela. Atualmente, no entanto, os tratamentos menos invasivos e com menor tempo de recuperação, evitando o afastamento do trabalho ou da vida social por períodos maiores são os preferidos. É o caso dos chamados laser fracionado e luz pulsada, ambos dados como o que há de mais moderno em rejuvenescimento cutâneo. O principal objetivo e utilizar tecnologia de qualidade, visando o melhor resultado e satisfação do paciente, com segurança.


Foto rostopaginaquatro fotoumrosto7.jpg

Rejuvenescimento cutâneo: Sem a necessidade de afastamento social e profissional por muito tempo, já é possível tratar rugas superficiais e profundas, além de manchas e cicatrizes.

Créditos: Divulgação


  • Laser Fracionado - Considerado como uma tecnologia de ultima geração para o rejuvenescimento cutâneo e tratamento de cicatrizes, tem o objetivo de obter alta eficácia na suavização de rugas, mas sem riscos ou tempo prolongado de recuperação. Ele gera múltiplos pontos microscópicos aquecidos na pele, eliminando células velhas pigmentadas e penetrando profundamente na derme. É indicado para as pessoas que começam ou já apresentam sinais de envelhecimento cutâneo. Ele trata as rugas superficiais ou profundas e, inclusive os temidos “pés de galinha” e as rugas ao redor dos lábios que não são amenizadas com o botox, além de manchas solares, melasma, poros dilatados e pele espessada. E mais: resultados positivos também têm sido obtidos no tratamento de estrias e cicatrizes de acne, pós-cirúrgicas e traumáticas.
  • Luz Pulsada - É uma tecnologia consagrada para o tratamento não ablativo do fotoenvelhecimento leve a moderado facial e corporal. A sua indicação é, especialmente, para o clareamento de manchas solares, telangectasias (vasinhos), rubor facial, rosácea, poiquilodermia (manchas, vasos e envelhecimento do colo e pescoco), alteração de textura, rugas finas e olheiras. É um equipamento de terceira geração, que apresenta como diferencial um sistema de resfriamento na sua ponteira, o que permite uso de maiores níveis de energia, proporcionando maior eficácia, segurança e conforto ao paciente.


FotofabiolapaginaquatroOpção3.jpg

A Drª Fabíola explica que a medicina tem trazido grandes avanços na prevenção e no tratamento do envelhecimento cutâneo e que a tecnologia é o reflexo da evolução.

Créditos: Liana Merladete



Evidenciando a natureza

Os olhos chamam a atenção naturalmente. Contudo, alguns truques de maquiagem podem deixá-los ainda mais bonitos:

  • O básico é limpar bem a área dos olhos, com tônico, adstringente ou sabonete hidratante. Após secar, aplique o corretivo com pequenas batidinhas com os dedos para espalhar bem.
  • Evite aplicar pó ou base sobre os olhos, pois assim, as rugas se destacam e a sombra tem sua fixação diminuída. Agora, atenção com as sombras! O verão pede olhos menos carregados.
  • Para levantar o olhar, espalhe sombra branca sob as sobrancelhas, mas, se falta profundidade, a dica é passar ao redor dos olhos, seguindo a linha da sobrancelha. Depois da sombra, vem o lápis, que deve ser aplicado na área externa em olhos pequenos, e na área interna, caso eles sejam grandes.
  • O rímel finaliza o make, devendo ser aplicado tanto na parte superior quanto na inferior. E para sua maquiagem sobreviver as temperaturas altas da estação e ao suor, a idéia é aplicar produtos à prova d’água ou cremosos.
  • E não esqueça de conferir a qualidade dos produtos e averiguar se são testados dermatologicamente.


Foto olhos maquiadospaginaquatroolhosmaquiados.JPG

Créditos: Divulgação


Beleza a olhos vistos

A nova estética dos olhos

“Os seus olhos são espelhos d’água, brilhando você pra qualquer um...”, já dizia a música de Dalto e Cláudio Rebello. Inúmeras são as letras de canções e poemas que exaltam a beleza dos olhos. E não é para menos. Sejam eles azuis, verdes, castanhos, não importa – um belo olhar encanta e conquista. Além de belos olhos, cuidados extras com a região também valorizam o olhar. Tratamentos estéticos para a área das pálpebras, o uso do botox e de cosméticos específicos melhoram a aparência e a auto-estima de qualquer um. Mas cuidado! Todos estes procedimentos exigem acompanhamento detalhado de um oftalmologista, para que problema futuros como olhos caídos e irritações não prejudiquem a saúde de seu olhar. Todo cuidado é pouco, mas “se bem indicados e bem executados por profissionais capacitados, não é possível tratamentos estéticos afetarem a visão”, afirma Liliane Weber, oftalmologista.


Foto olhopaginacincofotoumolhosestetica.JPG


Nada de emprestar sua lente de contato

Lentes de contato, além de auxiliarem na correção de problemas de visão, são capazes de modificar um olhar. Cores variadas transformam os olhos em belos e atraentes focos de atenção. Contudo, cuidados simples garantirão a saúde de seus olhos e a durabilidade de suas lentes. Com acompanhamento oftalmológico, será possível determinar a lente ideal, que se adapte a córnea do paciente. “Cada córnea tem uma curvatura diferente, então não podemos usar, por exemplo, lentes de outras pessoas”, conta a Dra. Liliane. Além disso, compartilhar o uso de lentes de contato expõe os olhos a inúmeras complicações, sendo a úlcera infecciosa a mais temida delas. Simples hábitos também podem proteger ainda mais a beleza e o encanto dos olhos. Usar óculos solares é um exemplo. O costume é fundamental para não expor o cristalino e a retina aos danosos raios ultravioletas. Para isso, é importante atentar para a qualidade dos óculos que você vai adquirir: beleza também é cuidar da saúde! “O que realmente interessa é a presença do filtro na lente”, lembra a Dra. Liliane.

LilianepaginacincoFoto oftalmo.jpg

A Dra. Liliane explica que a estética dos olhos deve fundamentalmente obedecer os princípios da saúde.

Créditos: Arquivo Pessoal


Além da Estética

Barriguinha, a vilã

Vaidades à parte, cuidar do corpo não é uma mera questão estética. Problemas como excesso de gordura na região abdominal, a popular “barriguinha”, são comuns entre homens e mulheres, e sinônimo de insatisfação e de perigo à saúde de ambos. O aumento do volume abdominal, seja subcutâneo ou intra-abdominal, acontece geralmente devido ao enfraquecimento da musculatura abdominal, conta Helton Hautrive, educador físico e especialista em treinamento esportivo. Também a alimentação influencia a existência e a extensão da “barriguinha”. Carboidratos refinados, encontrados em pães brancos, massas e arroz, e açúcares em geral, se consumidos em excesso, geram acúmulo de gordura. “Estes alimentos são convertidos em gordura corporal rapidamente, principalmente em gordura visceral abdominal, se não forem gastas as calorias que eles fornecem”, afirma Simone Biacchi Prass, nutricionista especialista em nutrição clínica.

As gorduras são vilãs no combate à “barriguinha”, especialmente por possuírem elevado valor calórico. Evitar leites e derivados integrais, assim como carnes gordas, manteiga, bacon, frituras e excesso de óleos no preparo dos alimentos são medidas corretas para aqueles que buscam um abdômen definido. Além dos exercícios físicos, é claro! Fortalecer a região abdominal exige atividades aeróbicas, como a caminhada, a natação, a corrida e o ciclismo. Abdominais, sozinhos, não resolvem o problema – eles melhoram a postura, mas se trabalhados em conjunto com outras atividades, diminuem a indesejada “barriguinha”. Hautrive indica a caminhada como opção saudável, podendo ser iniciada com intensidade moderada e duração de 20 a 30 minutos, com freqüência de três a cinco vezes por semana. “Qualquer pessoa pode praticar atividades físicas, mas antes de iniciá-las, não devemos esquecer de realizar uma avaliação médica e procurar a orientação de um educador físico”, complementa o profissional.


Foto barrigapaginaseisbarrigavila.JPG

Para ficar de bem com o espelho, nada como um belo abdome.

Créditos: Divulgação/Stock


Medindo sua circunferência abdominal, você pode pré-avaliar se sua barriguinha pode ou não ser um risco para sua saúde. Para mulheres, uma circunferência abdominal acima de 80 cm, representa um maior risco de doenças cardiovasculares e, acima de 88 cm, o risco passa a ser muito elevado. No caso dos homens, um resultado acima de 94 cm já representa risco e, acima de 102 cm, esse risco é bem elevado, lembra Helton Hautive.


Plástica - Tratando a dor

A procura pela cirurgia plástica é crescente, principalmente devido a questão estética, que corresponde a 60% dos casos. Mas a busca pelo corpo perfeito pode trazer incômodos. Algumas intervenções podem causar dores mais intensas, como a abdominoplastia e próteses de mama e glúteo. As dores são mais fortes nas primeiras 72 horas, e tendem a diminuir com a cicatrização. Para evitar estes desconfortos, a médica anestesiologista da Clínica Sedare, Márcia Kuboki, explica que estas dores mais intensas cedem com o uso de analgésicos, mas que o anestesiologista deve iniciar um plano de analgesia desde o ato anestésico cirúrgico. Quem procura as cirurgias plásticas para sentir-se mais bonito, não deve esquecer que a qualidade de vida é uma forte aliada nesta busca. E, por isso, a dor deve ser evitada ao máximo. “Hoje, com o avanço da indústria farmacêutica, temos vários analgésicos seguros que podem ser administrados durante o período de hospitalização e também após a alta hospitalar enquanto o paciente tiver dor”, completa a médica.


PRECAUÇÃO

Desmistificando a Lipoaspiração

Estar de bem com o espelho é desejo de muitos que estão fora de forma. Controle na alimentação e exercícios, os caminhos mais indicados, dividem espaço com outras técnicas. Uma alternativa encontrada por muitos é a lipoaspiração. Contudo, algumas dúvidas ainda circundam este procedimento.

Erroneamente, muitos pensam que, através da lipoaspiração, será possível aliar melhorias estéticas a ganho em saúde. O fato é que a gordura retirada na lipoaspiração é a subcutânea, sem alcançar a gordura visceral. Ou seja: a lipoaspiração não reverte riscos cardiovasculares, por exemplo. O que traz melhoras para a saúde é a conhecida soma de corretos hábitos alimentares e atividade física regular, diminuindo a pressão arterial, os níveis de glicose e colesterol, e trazendo qualidade de vida.


PaginasetealongamentoFoto exercício.jpg

O que traz melhoras para a saúde é a conhecida soma de corretos hábitos alimentares e atividade física regular

Créditos: Divulgação/stock


Entendendo o assunto - A lipoaspiração é a retirada de gordura em áreas localizadas, que resistem ao emagrecimento e à prática de atividades físicas. Em condições cirúrgicas adequadas, as adiposidades são retiradas através de uma cânula, ligada a um sistema de sucção. Mas esta suposta simplicidade esconde perigos. “Não por ser lipoaspiração, e sim por ser cirurgia. Toda atividade humana traz riscos, maiores ou menores. A Medicina, com todos os seus procedimentos invasivos, não constitui uma exceção, infelizmente”, afirma Ricardo Albuquerque Arnt, cirurgião plástico e presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Regional RS.

A precipitação e expectativas demasiadas também circundam a lipoaspiração. “As pessoas estão confundindo muito as coisas e se pondo a correr riscos desnecessários”, conta o Dr. Arnt. Além disso, é fundamental analisar as contra-indicações, e ponderar o risco cirúrgico com o desejo de melhora. Conhecer bem seu médico e exigir dele postura ética e honesta em relação aos riscos e resultados também é precaver-se. Tomando os devidos cuidados, e tendo consciência do resultado, os riscos diminuem a lipoaspiração é bem sucedida. Revisão clínica, aliada com hábitos saudáveis de alimentação, exercícios físicos e confiança em seu médico são fundamentais para aumentar a auto-estima e fazer as pazes com o espelho.


LipopaginasetefotodoisFoto ricardo.jpg

O Dr. Arnt fala sobre lipoaspiração.

Créditos: Arquivo pessoal


ATENÇÃO

Conhecer seu médico é fundamental! O Dr. Arnt enfatiza que esse deve ser o primeiro passo de quem opta por qualquer cirurgia. Pesquisar sobre a carreira do profissional, procurar conhecer os trabalhos e até conversar com alguns de seus pacientes são dicas que podem contribuir. É possível consultar os sites do Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e conferir o registro de seu médico: www.cremers.com.br e www.cirurgiaplastica.org.br. Isso é imprescindível e pode evitar complicações sérias, assim como também é importante saber se o médico segue as resoluções do Conselho Federal de Medicina para a prática da lipoaspiração.


Consciência

Vale ou não vale?

A busca pela beleza não é algo recente. Muitos dos rituais utilizados atualmente são heranças de tempos remotos, como é o caso da depilação com cera quente, criada pelos egípcios. Mas com o tempo, métodos novos somaram-se aos antigos, na constante tentativa de obter a aparência ideal. Alguns deles não são tão inocentes como as massagens com óleos perfumados dos gregos, por exemplo, e podem oferecer riscos irreparáveis, se feitos de maneira inadequada. Por isso, uma questão vem à tona: pelo ideal de beleza vale tudo? Nós fizemos esse questionamento nas ruas. Veja o que alguns dos entrevistados pensam sobre o assunto:

Não. Acho que a há uma linha que separa o esforço pra manter a beleza e o bem estar do corpo e mente.

FotodoisvaleounaopaginaoitoElias.jpg

Elias Josué Ramos Neto – médico


Eu não sei. Eu já fiz uma lipoaspiração. Foi arriscado, mas valeu a pena. Mesmo assim, acredito em outros valores, que são mais importantes que a beleza, como saúde e família.

ValeounaofototrespaginaoitoElenara.jpg

Elenara Figueiredo dos Santos - Empresária


Vale. Para se sentir melhor, vale a pena. Eu, por exemplo, quero por silicone. Além disso, todas as receitas de beleza caseiras que me ensinam eu faço. Mas claro, tudo tem limite, e cada um sabe o seu.

FotoquatrovalepaginaoitoDalila.jpg

Dalila Nunes César - Balconista


Acredito que vale tudo quando existe orientação médica. Acho um absurdo quando uma menina toma um remédio sem prescrição. Para as minhas filhas, orientação e informação não falta.

FotocincopaginaoitonaovaleMilton Souza.jpg


Milton Souza – Militar aposentado


VACINA CONTRA GRIPE

E para você, que nos acompanha, nós temos mais uma dica. Ou melhor, uma informação de utilidade pública. A Clínica de Vacinas Multivacin nos concedeu informações que podem esclarecer uma dúvida frequente. Você sabia que gripe e resfriado não são a mesma coisa? A gripe é causada pelo vírus influenza, um vírus mutante que altera suas características de tempos em tempos, cientificamente conhecido como Myxovirus influenzae. Os sintomas da gripe são mais generalizados e incluem febre alta, dores no corpo, dor de cabeça, tosse, sensação de intensa fraqueza e têm início súbito. O resfriado, por sua vez, é causado por outros vírus respiratórios (como o vírus sincicial respiratório, o coronavírus, o parainfluenza, o rinovírus e o adenovírus).

A novidade é que a clínica já está disponibilizando ao público a vacina 2009 contra a gripe. A vacina, que tem ação imunitária durante 12 meses é, comprovadamente o meio mais eficaz de prevenção da infecção gripal e das suas complicações, com a vantagem de não implicar riscos, pois é feita a partir de vírus inativados. A dose infantil é indicada a partir dos seis meses até os três anos incompletos e, a partir dos três a dose já é adulta. Segundo a Multivacin, é mais uma oportunidade da população lançar mão da prevenção. A clínica salienta que o intervalo entre as doses anuais da vacina pode ser de seis meses, não necessitando aguardar 12 meses para receber a vacina do ano.