SEARCH
TOOLBOX
modified on 1 de janeiro de 2011 at 22h52min ••• 7 646 views

Região Centro: Cidades e Notícias – Edição 1

De Wiki.dois

Capa..JPG

Região Centro - Cidades e notícias

  • Data de Publicação: 31 de janeiro de 2008



Tabela de conteúdo

Editorial

Não é necessário procurar muito para perceber, estampado nas ruas, nas falas das personalidades da TV, nas revistas e periódicos, que toda pessoa bem informada sabe que estamos vivendo a chamada "Era da Informação". Contudo, enquanto alguns perguntam o quê seria essa era ou se ela é mesmo boa, outros ficam se questionando quem é essa tal "pessoa bem informada"? Perguntas demais, não? Mas a equipe do informe Prefeituras e Câmaras: Gestão e Prefeituras vai tentar achar as informações suficientes para encontrar essa resposta. Em tese, a pessoa bem informada não é aquela que sabe tudo. É aquela que seleciona e detém as informações pertinentes a seus interesses e também as necessárias para a interação produtiva e satisfatória com o restante do mundo. Dizem que toda pessoa inteligente é bem informada. Há quem afirme, inclusive, que gente bem informada não precisa pegar senha em balcão de informações porque, no mínimo, se não sabe alguma coisa, tem noção exata de onde procurar pela informação.

O fato é que, atualmente, além de inteligente, uma pessoa bem informada deve estar a par do cenário político, econômico, social e cultural do mundo, país, região e cidade onde vive. Não é complicado. É necessário e, com o tempo, é fácil perceber que tornar-se uma pessoa bem informada faz parte do cotidiano.

Com esse foco, o nosso informe chega até você. Conhecer o panorama e a projeção política, econômica e social dos poderes executivo e legislativo dos municípios do Estado é um pré-requisito do leitor bem informado. Aproveite a sua leitura, conheça os municípios que apresentamos nesta edição, não perca os demais encartes e considere-se bem informado.

Figura EDITORIAL.jpg


Você sabia que:

Brasão caçapava.jpg

  • Caçapava do Sul é a nona cidade mais antiga do Estado, o décimo oitavo município em área e, que está em qüinquagésimo quarto lugar em número de habitantes e octogésimo oitavo no PIB no Estado?

Figura manoel viana.jpg

  • Que Manoel Viana tem 15 anos de emancipação, que tem uma das melhores praias de água doce e, que o seu principal rio, o Ibicuí, desempenha função econômica fundamental no município?


Figura santo antônio.jpg

  • Que o município de Mata é conhecido como a cidade de pedra que virou madeira, que sua colonização foi feita por correntes migratórias alemãs e italianas e que seu padroeiro é Santo Antônio?


Brasão novo cabrais.jpg

  • Que os primeiros registros de ocupação nas terras de Novo Cabrais são de 1814, que o município foi emancipado de Cachoeira do Sul e instalado em 1914?


Brasao pinhal grande.jpg

  • Que Pinhal Grande é a cidade onde se localiza a Barragem de Itaúba, uma das principais atrações turísticas da Quarta Colônia e, que no início seu nome era São José dos Pinhais?


Com os olhos na rede

Câmara de Vereadores - Caçapava.JPG


Legislativo de Caçapava reformula sua página na internet


Sabendo que todo e qualquer ambiente organizacional está mudando continuamente, tornando-se mais complexo, menos previsível e, cada vez mais dependente de informação e de toda a infra-estrutura tecnológica que permite o gerenciamento de enormes quantidades de dados, a internet está gerando grandes transformações, inclusive na nossa região.

Como exemplo, o website da câmara de Caçapava está em fase de reformulação. Notícias da semana e um balanço de gastos serão alguns dos links que o internauta terá acesso visitando o endereço www.camaracacapava.rs.gov.br, a partir de fevereiro. No site, o internauta também poderá averiguar as informações sobre os objetivos de interiorização das plenárias e investimento no segmento organizacional e institucional.

A idéia é, a partir desta ferramenta de comunicação e do relacionamento com a mídia, difundir as ações na organização de setores, definição de funções e mudança de comissões, bem como as demais atividades parlamentares.

No tamanho da Informação

Figura em números.jpg


Você já parou para pensar a quantidade de municípios que o nosso país tem? E o nosso Estado? Está certo que a tal da Era da Informação é capaz de, em tempo real e com um simples clicar no mouse, nos levar a uma diversidade de lugares, que só no nosso Rio Grande, vai além de números e apresenta história, cultura e tradição.

Mas não há nada como conhecer de perto uma riqueza. O informe Prefeituras e Câmaras: Gestão e Perspectivas é mais do que a apresentação de algumas cidades, literalmente ricas em beleza, grandiosidade e tenacidade de sua administração e que, à primeira vista, são desconhecidos para você. É uma prestação de contas atípica. É a notícia no tamanho daquilo que você precisa saber.


Caçapava do Sul busca resultados para o crescimento

O progresso e o resultado

A perspectiva de crescimento econômico e social é o resultado de 2007 para a administração municipal de Caçapava do Sul. Como exemplo, uma série de ações compõem o cenário de progresso do município, como a construção de um prédio para a instalação definitiva da Unipampa, extensão da Universidade Federal de Santa Maria que vem complementar o desenvolvimento educacional e, promover uma nova fonte de geração de renda e qualificação profissional.

Caçapava do Sul, também conhecida como Capital Brasileira da Oliveira, vem recebendo também incentivos de sua administração para o crescimento desta promissora cultura. A Prefeitura já conta com um projeto em fase de desenvolvimento e a previsão é que, ainda em 2008, seja implantada uma fábrica para produção de azeite de oliva e derivados. O trabalho na fruticultura também recebe total apoio com destaque para as culturas do figo, pêssego, morango, kiwi e uva.

Foto guaritas.JPG
O Turismo de Aventura e o Ecológico também contribuem para o progresso de Caçapava do Sul.

A beleza natural e a força do turismo ecológico e de aventura

Caçapava do Sul possui uma das sete maravilhas do Rio Grande do Sul: As Guaritas. O local, conhecido como palco dos sucessos cinematográficos Anahy de las Misiones e Valsa para Bruno Stein, oferece uma completa infra-estrutura para o atendimento ao público e tem recebido turistas de diversas partes do país e do mundo. Outros destaques de beleza singular e de riqueza natural são as Minas do Camaquã, que possuem empreendimentos voltados para as áreas de EcoTurismo, Geologia, Paleontologia, Arqueologia e Ufologia e, ainda os pontos turísticos: Toca das Carretas, Gruta da Varzinha, Pedra Furada, Pedra do Corvo, Pedra da Abelha, Pedra do ET, Cascata do Salso, Cascata das Pedras Brancas, Forte D. Pedro II e a característica Pedra do Segredo.

De acordo com Kau Teixeira, Secretário de Turismo, Indústria e Comércio do município, a 2ª Capital Farroupilha do Estado é uma das cidades mais emergentes na região. “A fase é de crescimento. Entendemos que a população está buscando continuamente investir não só na preservação das belezas naturais e históricas, como também no aperfeiçoamento do recebimento das pessoas que a cada dia procuram Caçapava do Sul para lazer, estudo e aventura”, enfatiza ele.

Diante disso, o Secretário diz que uma das metas é dar continuidade nas ações que vem proporcionando o reconhecimento do turismo rural e de aventura: “A Secretaria possui uma equipe qualificada para explorar novos pontos turísticos da região e assim formatar novos roteiros. Caçapava tem todo esse potencial turístico, histórico/cultural e a Secretária vem investindo em divulgação e, legitimando a sua identidade”, finaliza ele.


Foto turismo aventura.jpg

Fotos: Secretaria de Turismo. Indústria e Comércio

Da ação, o progresso

Ponte.JPG Vista Panorâmica da cidade.jpg

Conhecida como "Pérola do Rio Ibicui", Manoel Viana é definida pelos moradores como uma terra mágica envolta em mistérios.


A integração da comunidade, a conclusão de obras e o incentivo a novas fontes de renda e emprego, além do fomento à silvicultura e à indústria são alguns dos resultados da administração municipal de Manoel Viana em 2007. De acordo com o assessor de imprensa da prefeitura, Herton José Miotti, uma série de ações dão ao município a cara de progresso. Confira:


EDUCAÇÃO: A aprendizagem dos alunos e a qualificação do quadro de professores foram os principais objetivos de projetos na área de educação.


CULTURA: O Departamento Municipal de Cultura tem evidenciado meios que valorizem a arte e a cultura estadual e local. Eventos tradicionais vêm envolvendo a comunidade, disseminando aspectos sócio-culturais e inserindo os indivíduos no processo de transformação social.


TURISMO: A Praia e Camping Rainha do Sol, além de ser um referencial turístico na região, tem fomentado o turismo como segmento de importância econômica. Shows e infra-estrutura têm chamado a atenção dos visitantes.

Praia.jpg


SAÚDE: Dentre as ações de promoção e prevenção, o município está comprometido com a imunização e saúde da mulher, priorizando o pré-natal, o planejamento familiar e a prevenção do câncer de colo de útero e mama. Redução da mortalidade infantil, acompanhamento de diabéticos e hipertensos também são aspectos trabalhados.


OBRAS: Manutenção da iluminação pública, canalização de ruas, patrolamento e encascalhamento das estradas do interior e terraplanagem na praça Favorino Marques (bairro Vila Nova) foram algumas das prioridades sanadas pela administração municipal. Obras de melhoria em frente ao Quiosque da Praça Central, limpeza e roçada de ruas, conclusão da obra da Escola do Bairro Restinga e serviço de sinalização das ruas também fazem parte do cenário de resultados.

Canalização de ruas - manoel viana.JPG


Santa Maria também tem disso:

A retrospectiva 2007 em Santa Maria registra uma seqüência de obras de impacto em várias regiões da cidade. A conquista do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e a realização de ações votadas no Orçamento Participativo (OP) foram os destaques. A reabertura do Hospital Casa de Saúde, a entrega de mais 200 apartamentos do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), a reforma da Rua 24 Horas e o avanço da obra do parque municipal também tiveram ênfase no ano que passou.

Da história, a ação em prol do crescimento

CASA DA CULTURA.JPG
Museu1.png Natureza1.JPG

A Casa de Cultura, o Museu Municipal e a beleza natural do Pinhal Grande entrelaçam história e tradição.


Conheça os principais destaques do período sob o ponto de vista da administração municipal de Pinhal Grande.


Criado em 20 de março de 1992 pela lei municipal nº 9.600, Pinhal Grande integra a Quarta Colônia de Imigração Italiana. Descendentes de italianos, portugueses e espanhóis conservam suas origens e entrelaçam seus costumes às tradições gaúchas, desencadeando uma história de potencial empreendedor, agrícola e turístico. Com a economia baseada nas atividades primárias da agricultura e pecuária, a expansão econômica no cenário rural é fato. Atualmente, as culturas de soja, milho, feijão, fumo, aveia e mandioca, além do crescimento gradual em piscicultura, são aspectos que promovem o município no Estado e no país.


Tira-Teima

Cultura e Turismo: Pinhal Grande, juntamente com oito municípios da Quarta Colônia, faz parte do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável (Condesus) da região. Por meio dessa organização, uma série de projetos e ações nas diferentes áreas são tratadas em conjunto, entre elas o projeto de desenvolvimento do turismo da Quarta Colônia, em parceria com o Sebrae. Um passeio de barco no “Paga Peão”, no lago da Barragem de Itaúba, a “Trilha do Pororó’ e uma visita ao Museu Municipal são roteiros convidativos ao turista que deseja conhecer as belezas naturais da região.

Gestão e Resultados: De acordo com o prefeito Saulo João Garlet, o poder executivo precisou fazer mudanças no modo de administrar, principalmente no que diz respeito ao controle com os gastos públicos, diminuindo a aplicação de recursos com cortes em vários programas que vinham sendo desenvolvidos. A contenção é atribuída, segundo o prefeito, à perda de parte significativa da arrecadação, especificamente do ICMS.

Agricultura e desenvolvimento: Serviços prestados pela Patrulha Agrícola para a melhoria da infra-estrutura das propriedades, estradas, fontes d’água, terraplanagem, pequenos açudes e bebedouros, além das melhorias em lavoura são destaques em Pinhal Grande. Um posto de inseminação, assistência veterinária, viagens de estudo, cursos técnicos, treinamentos, fornecimento de mudas, sementes e incentivo a alternativas agrícolas também são serviços disponibilizados aos agricultores em prol da profissionalização das propriedades.

Obras e progresso: A secretária de Obras concluiu os projetos de melhoramento com a duplicação da ponte da Envernadinha., construção do “Postão de Saúde”, ampliação da Escola Rubin Filho, calçamento da Rua Luiz Barbieri, construção de 4.720 metros de rede d’água e, canalização de 600 metros de água pluvial nos bairros Limeira e São José.


Destaques

  • A produção de vinho atinge o número de 200 mil garrafas por safra.
  • O setor industrial conta com fábricas de embutidos, esquadrias e móveis, além da indústria de laticínios Parlacto, que produz queijos e manteigas.
  • Cerca de 70% da população do município mora no campo.
  • No Rio Jacuí está situada a hidroelétrica de Itaúba, considerada a maior usina instalada neste rio.
  • Com 97 metros de altura e uma área alagada de 13.800 Km², está localizada a Barragem d Itaúba, na divisa de Pinhal Grande e Estrala Velha.
  • A paisagem natural do município conta com a presença de diversos cursos d’água: Os arroios “Do Tigre”, “Redomona”, “Ferreira” e “Taquarianos”, além do Rio Jacuí.


Em foco: O cenário agrícola

Manoel Viana e Pinhal Grande apostam na extensão rural e valorizam o produtor rural

Com o objetivo primordial de melhorar as condições econômicas e sociais da população rural, através do equilíbrio entre ciência e problemas vivenciados pela agricultura familiar, a extensão rural consolidou-se, no Brasil como um processo de difusão de conhecimentos e habilidades agropecuárias, florestais e domésticas. Hoje, aliada à assistência técnica, é um importante braço do Estado no cenário agrícola.

Por meio do incentivo à sustentabilidade, à competitividade e à melhoria dos resultados na lavoura e na pecuária, uma diversidade de programas e parcerias com as secretarias de estado, prefeituras, sindicatos e organizações da sociedade civil desenham a trajetória de trabalho da Emater/RS-Ascar. Manoel Viana e Pinhal Grande são apenas dois dos mais de 480 municípios que contam com esse braço.

César Genro Lopes Vielmo, técnico em agropecuária e extensionista do escritório municipal da Emater/RS –Ascar de Manoel Viana dá um parecer sobre o atual panorama agrícola do município: “Atualmente a agricultura familiar vem passando por uma série de dificuldades, tendo em vista as frustrações de safras anteriores que ocasionaram, além de uma significativa redução de investimentos, o endividamento dos produtores junto às instituições financeiras e empresas privadas fornecedoras de insumos. Mas apesar das dificuldades, a motivação é presente e a potencialidade para contornar as situações adversas é fato”, salienta o técnico.

Em Pinhal Grande não é diferente. A família rural vem ganhando mais espaço e mais possibilidades na busca pela sustentabilidade absoluta. Quem confirma o fato é o chefe do escritório municipal da Emater/RS-Ascar em Pinhal Grande, Jacimar Facco. “O cenário rural de Pinhal Grade ganha, a cada dia, maior destaque. 2007 foi um ano muito bom e para 2008 temos excelentes perspectivas. A idéia é persistir na melhoria da qualidade de vida das famílias rurais e alcançar níveis de produtividade compatíveis com a preservação ambiental. Buscar a segurança e a soberania alimentar com ações que viabilizem a geração e a distribuição da produção agrícola é outra meta primordial”, declara o técnico.

Agricultura manoel viana.png
A rastreabilidade bovina e bubalina é um dos principais focos para 2008.
Créditos: Arquivo Emater/RS-Ascar


Agricultura pinhal.jpg
O produtor rural de Pinhal Grande conta com o serviço de assistência técnica.

Créditos: Arquivo Emater/RS-Ascar

Em busca do desenvolvimento sustentável

A extensão rural e a assistência técnica em Novo Cabrais são esforços que tem gerado resultados positivos no município. De acordo com a Extensionista Rural de Bem-Estar Social da Emater/RS-Ascar, Flávia Borstmann, a busca pelo desenvolvimento rural sustentável é o foco da instituição que trabalha em parceria com a Prefeitura. A extensionista conta que a agricultura familiar é a prioridade e que as ações são diversas: “São desenvolvidas ações sociais, econômicas e ambientais. Entre elas podemos citar atividades de educação e promoção da saúde. Nas comunidades rurais, temos grupos organizados, atividades de geração de renda como o artesanato e a agroindústria, apoio à comercialização, incentivo à produção de alimentos e organização e apoio à grupos de jovens”, aponta ela. A assistência técnica para as culturas de arroz, cana de açúcar, milho, soja, fruticultura e olericultura, bovinocultura de leite, irrigação e educação ambiental são, segundo a extensionista, fatores a serem trabalhados em 2008. No Município predominam os minifúndios explorados por agricultores familiares, tendo como destaque a cultura do fumo em estufa associada à cultura do milho. O arroz e a soja também têm representatividade no município.

Emater novo cabrais2.JPG Emater novo cabrais3.JPG
O contato direto com o produtor rural faz de Novo Cabrais um município em expansão na busca pelo desenvolvimento sustentável.
Créditos: Arquivo Emater/RS-Ascar.


Aposta nas oliveiras ganha força

O plantio de oliveiras em Caçapava começou em 2001, pelas mãos de alguns poucos produtores. Hoje, com a previsão da implantação de uma fábrica para produção de azeite de oliva e derivados, o investimento de esforços e parcerias para a legitimação da cultura na área são notáveis. Emater/RS-Ascar, associação municipal de produtores, Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/RS), Embrapa Clima Temperado e Prefeitura são os envolvidos na introdução e estabelecimento das oliveiras.

Oliveiraregiaocentroedi1.jpg
Caçapava do Sul, com seu clima e solo propícios, é o berço da “oliveira” no RS. Um futuro econômico promissor é o fruto almejado.
Crédito: Arquivo Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul.

Novo Cabrais inaugura nova escola

Conheça as novidades em instalações e proposta pedagógica da Escola Teófilo Teodoro Streck


No dia dois de março, o município de Novo Cabrais dá um importante passo rumo à trajetória do saber. A Escola Municipal de Ensino Fundamental Teófilo Teodoro Streck será entregue à comunidade escolar, equipada com modernos sistemas de segurança e monitoramento, laboratório de informática, sanitários adaptados para portadores de deficiências, 10 salas de aulas e sala para videoconferências, entre outras facilidades.

O prédio, com 1.200 metros quadrados de área construída, será inaugurado solenemente. Após a cerimônia, será servido um almoço para os convidados e três bandas musicais irão compor o cenário de comemoração. Conforme as informações disponibilizadas pela administração municipal, na área externa será montado um parque de brinquedos infláveis e uma das alas do novo prédio será totalmente voltada à educação infantil. De acordo com o diretor da Escola, Celso Martins, serão duas salas de aulas, biblioteca com publicações do gênero, sala de atividades múltiplas com brinquedoteca e jogos lúdicos, dois banheiros e playground infantil. “Queremos e vamos oferecer instalações e proposta pedagógica da mais alta qualidade. E isso já na pré-escola”, resume o diretor.


Confira os diferenciais:

  • Qualidade de vida e esportes: Logo após a inauguração da escola, a direção já começa a trabalhar num projeto em prol da qualidade de vida da comunidade escolar. A idéia é prover a Escola Teófilo Teodoro Streck de um centro de convivência, como espaço destinado ao lazer e descanso. O centro terá projeto paisagístico, jardins, espaço para eventos com palco de shows e jogos de mesa. Na área do esporte, o projeto prevê a construção de um campo de futebol com mini-pista de atletismo.Prédio com segurança total: A Escola Teófilo Teodoro Streck está equipada com um moderno sistema de segurança digital. São 16 câmeras filmadoras que captam imagens 24 horas por dia para garantir a ordem no educandário. Segundo o diretor Celso Martins, o sistema de monitoramento será útil também para que os pedagogos e a supervisão escolar acompanhem o processo de inter-relacionamento dos alunos nas áreas comuns, corredores e pátio nos momentos de recreio e intervalos de aulas, além de auxiliar na conservação do patrimônio do município.
  • Proposta pedagógica voltada às artes: As manifestações artísticas ganharão especial atenção dentro da proposta pedagógica da escola. Para este ano, a Teófilo Streck também contará com projetos de educação ambiental, esportes e artes. Segundo Martins, um grupo de coral e grupos de danças folclóricas gaúcha e alemã serão alguns dos destaques previstos.
  • Estrutura moderna: A Escola abrigará 400 alunos na educação infantil e ensino fundamental, nos períodos diurno e noturno; Comporta 10 salas de aulas com piso Paviflex, persianas e projeto de iluminação que valoriza a luz natural; Refeitório para 100 pessoas; Cozinha com despensa, área de serviço e sanitário; Sala para coordenação pedagógica; Secretaria; Hall de entrada com espaço para exposição artística; Sala da direção; Sala de professores; Biblioteca; Laboratório de Ciências; Sanitários para professores; Laboratório de Informática com 16 micros de tela plana e acesso à internet; Sala para videoconferências com 3 computadores; Portas corta-fogo; Iluminação de emergência; Conjuntos de extintores contra incêndios; Playground infantil; Ginásio de esportes; 4 conjuntos de banheiros (masculino e feminino) com um sanitário adaptado para portadores de deficiências em cada conjunto.

Do saber, a construção:

Câmara de vereadores.mata2.jpg
A devolução de recursos ao Executivo foram os destaques do último ano para a câmara municipal de Mata.
Créditos: Arquivo câmara municipal de Mata.


Reivindicações da comunidade matense são prioridades para o legislativo do município

Com a incumbência de legislar, fiscalizar e assessorar o poder executivo, a câmara municipal de Mata vê na comunidade matense a sua razão de rumar ao progresso. Os projetos e ações que auxiliam o cumprimento da demanda do executivo no que tange à educação, saúde, agricultura, turismo e obras, comprovam o objetivo de crescimento. De acordo com Sadi Antônio Bisognin, assessor jurídico da câmara, além do espaço que é concedido à população na Tribuna Livre, desde setembro de 2007, as sessões são transmitidas pela Rádio Comunitária Matense, com o objetivo de divulgar os trabalhos realizados pelos vereadores no Legislativo do município. Como destaque da atual gestão, o assessor aponta a devolução de recursos ao Executivo. O presidente, Loivo Belo Kuhn complementa: “Nossos esforços foram e serão em prol do atendimento dos interesses da comunidade e do bom entendimento entre os colegas para a realização de um bom trabalho. As ações contemplam a devolução de recursos para a educação e a construção de obras do município”, ressalta ele.


Em pauta: As últimas da mata

O ano de 2007 foi marcante para Mata. Confira alguns dos fatos que contribuíram para o destaque do município:

  • O amor pela pátria foi notícia no município. No ano de 2007 o envolvimento da comunidade escolar na semana da pátria deu visibilidade à cidade de madeira que virou pedra.
  • A valorização do saber foi um objetivo presente em diversas ações da administração municipal e continua a ser uma meta da prefeitura. No último ano, eventos e programas como a Jornada Pedagógica e o Projeto Ecoterapia, relacionaram saúde e educação, atendendo crianças com dificuldade de aprendizagem, déficit cognitivo, síndrome de Down, paralisia cerebral, deficiência auditiva e distúrbios comportamentais.
  • A secretaria municipal de Educação e Desporto criou oportunidades para os maiores de 18 anos voltarem aos bancos da escola e legitimou a importância da educação para jovens e adultos.
  • A administração municipal promoveu um baile para o trabalhador e obteve o apoio da comunidade com a entrada franca mediante doação de alimentos.
  • A secretaria municipal de Saúde promoveu uma campanha de vacinação contra o vírus da gripe).
  • O turismo ganhou força e o executivo incentivou o equilíbrio entre academia e entretenimento, divulgando o Museu Padre Daniel Cargnin no que tange às esferas da geologia e biologia, entre outras áreas de estudo.


DSC01845.JPG 006SG.JPG
A história de Mata entrelaça as correntes migratórias alemãs e italianas
entre 1885 e 1920 e sua trajetória é marcada pela famosa madeira que virou pedra.

Créditos: Arquivo Prefeitura Municipal de Mata.

Na busca pelo desenvolvimento

Projetos de resultado, olhos no progresso

Caçapava do Sul:

Coleta Seletiva de Lixo - A exemplo de outros municípios, o executivo de Caçapava do Sul incentivou a criação de uma associação de catadores de lixo. Contando com um profissional da área com experiência em administração, a hoje Associação de Catadores Guerreiros da Ecologia (Asguecol) conta com 16 associados, além de inúmeros catadores independentes e autônomos. Todos determinam suas jornadas de trabalho em tempo, hora ou local, segundo suas possibilidades ou necessidades.

Foto coleta seletiva.jpg


Manoel Viana:

Turismo e lazer - Para quem quer visitar Manoel Viana, as opções de entretenimento são diversas. O município conta com praia, camping, hotéis, pousadas, restaurantes, bares e lancherias. Todas essas opções estão sendo constantemente aperfeiçoadas, demonstrando que o dinamismo é característica de Manoel Viana.

Foto manoel viana.jpg


Mata:

Responsabilidade Social – Para quem se encanta com a trajetória da “cidade de madeira que virou pedra”, a Associação Padre Daniel Cargnin (APEDAC) é mais uma trajetória digna de encanto no município. A organização não governamental tem por finalidade preservar o patrimônio fóssil, sítios e museus paleontológicos e paleobotânicos, especialmente na Rota de Mata. Hoje, a associação desempenha um importante papel na conscientização em relação à participação da sociedade, envolvendo academia e comunidade num trabalho em nome do valor científico e cultural desse patrimônio da humanidade. Educação, cultura e turismo são os pontos fortes para a divulgação nas esferas de cenário nacional e internacional.

Foto padre daniel.JPG


Novo Cabrais

O maior parque privado horto florestal da América Latina – Novo Cabrais é privilegiado quando se tratam de belezas naturais. O Parque Witeck é a prova. O espaço possui mais de duas mil espécies de plantas, entre árvores, arbustos e forrações vindas de todo o mundo, compreendidas em 70 hectares de jardim a céu aberto, distribuídos nos seus mais variados ambientes, tais como: recanto tropical, recanto das coníferas, europeu, coleção de palmeiras, folhas caducas, além de e seis lagos temáticos. (foto parque)

Foto parque.jpg


</big>Pinhal Grande</big>

Origem indígena - A história registra que diversas tribos indígenas viveram na região onde foi criado o município de Pinhal Grande, entre elas, os tapes. Os Jesuítas foram os primeiros homens brancos a chegar nas terras do município, com o objetivo de catequizar os índios e atuar na criação de gado através da utilização da mão-de-obra indígena. Hoje a fé e devoção são pontos fortes do município. (foto padroeiro)

Foto padroeiro.jpg

Orientação aos representantes, parlamentares e técnicos da administração pública

Foto igan.JPG


Da esq. p/direita: Fernanda Maciel (departamento Comercial do IGAM, Ildo Radtke Blodorn), Ildo Radtke Blodorn (coordenador de Bancada) Alexandre Carniato Pegoraro (assessor Jurídico), Paulo César Flores (sócio-diretor do IGAM), Neviton Nornberg (coordenador da Presidência) e Gilberto Doring Degar (presidente da Câmara de Canguçu).

Conheça o trabalho do IGAM

O IGAM, Instituto Gamma de Assessoria a Órgãos Públicos, empresa que desenvolve, há quase duas décadas, o trabalho de orientação aos administradores, parlamentares e técnicos da administração pública nas áreas contábil, jurídica e de gestão governamental, vem realizando cursos e treinamentos em praticamente todas as áreas de ação governamental.

O trabalho de orientação também é realizado através da assinatura de informativos atualizáveis, organizados por setores da administração, que contêm conteúdos como: agenda de obrigações, tabelas de incidências trabalhistas e fiscais, decisões dos tribunais de contas e do judiciário, tributos municipais, controles internos, educação, saúde, retenções tributárias, compras governamentais, servidor público e contabilidade, além de um informativo desenvolvido especialmente para a gestão do Legislativo – O Legisla. Além disso, consultores advogados, contadores e administradores, com vínculo permanente com a empresa, estão à disposição para o oferecimento de informações sobre quaisquer assuntos relacionados à gestão pública, seja por e-mail, telefone, pessoalmente ou por escrito.

Paulo César Flores, Sócio-diretor da empresa, conta que 2007 foi um ano de expansão: “No ano de 2007, o IGAM consolidou o seu avanço como empresa prestadora de informação com credibilidade para a gestão pública, apresentando considerável expansão no número de clientes, especialmente entre prefeituras e câmaras, tanto no Rio Grande do Sul como em outros estados da federação”. Flores aponta, ainda, que em 2008 a crescente preocupação dos gestores com a honestidade, transparência e qualidade nos trabalhos voltados para as comunidades, principalmente em relação ao encerramento do mandato, demandará uma acentuada procura por orientação técnica.


O quê pode e o quê não pode em ano eleitoral

Em ano eleitoral, as prefeituras e câmaras de vereadores precisam estar atentas à Legislação Eleitoral, tendo em conta as regras, os princípios constitucionais e as funções típicas do Poder Legislativo e Executivo, consoante à Constituição Federal e a melhor doutrina. Em razão da proximidade das eleições municipais, a publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos municipais devem ser suspensos no período compreendido entre 5 de julho e 05 de outubro.

Da educação, o Desenvolvimento Regional

Saiba por que Santa Maria tem na educação a raiz de seu desenvolvimento


Cidade universitária. Cidade cultura. Cidade dos ferroviários. Cidade dos militares. Assim, dentre tantas outras denominações, é caracterizado o município de Santa Maria. Com sete instituições de ensino de nível superior, a valorização do estudo daqui fez da máxima do cidadão santa-mariense do século, José Mariano da Rocha Filho, uma realidade em diversos pontos da região: "A educação é o único caminho para o desenvolvimento".

A expansão do ensino superior na “Terra de Imembuí”, tem fortalecido a Universidade Federal com o seu crescente progresso nas áreas de pesquisa e extensão e, das instituições particulares, que vêm a somar no desenvolvimento regional. A cada semestre, a cidade recebe novos estudantes e são renovadas as expectativas acerca da transformação econômica e cultural. Além do benefício de uma formação qualificada para os jovens que vêm do interior em busca do desenvolvimento e aprimoramento do intelecto, a troca de informações, a interação científica e tecnológica com a sociedade ganha forma com projetos e programas que inserem o aluno em práticas sociais.


No cenário de ensino, a Universidade Luterana contribui para o desenvolvimento

Dentro desse cenário de desenvolvimento, a história da ULBRA em Santa Maria inicia em 1997, quando a administração municipal começou a desenvolver um projeto de incentivo ao ensino superior através da abertura de novas universidades. A partir de então, uma série de tratativas culminaram no compromisso da Ulbra em instalar-se em Santa Maria. Com a aprovação, pelo MEC, da instalação do Campus, em 2002 foram implantados os cinco primeiro cursos – Administração, Arquitetura e Urbanismo, Direito, Psicologia e Sistemas de Informação, com vestibular realizado em junho daquele ano. A partir daí, outros cursos vieram a somar o leque de opções do estudante e, hoje o campus conta também com os cursos de Educação Física, Fisioterapia e Superior Tecnológico em Estética e Cosmetologia.

Conforme o diretor do campus, Jesus Renato Brunet, Santa Maria é, hoje, o maior pólo educacional do Rio Grande do Sul: “Até 2002, existiam na cidade, o Centro Universitário Franciscano (Unifra) e a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Antes da UFSM, apenas as capitais dos Estados tinham instituições públicas de ensino superior. Esse pioneirismo – que se deve ao trabalho de Mariano da Rocha – fez com que a cidade se transformasse em atrativo para jovens de todos os rincões do Rio Grande e de outros Estados da região sul do país”, salienta o diretor.

Hoje, mais de 25.000 alunos estão matriculados em algum curso superior da cidade e a ULBRA faz parte dessa marca. Além disso, os resultados de seus egressos em exames da OAB, pelos resultados do ENADE e pelo acesso a cursos de mestrado, comprovam que o progresso também tem reflexo no mercado de trabalho e ciência. Entre seus projetos atuais, a ULBRA está consolidando suas estruturas e seus cursos de graduação e partindo para a oferta de cursos de Pós-Graduação (nível de Especialização).

Laboratório de estética.JPG
Modernos laboratórios fazem parte da estrutura da Ulbra.
Créditos: Arquivo ULBRA

Do Vale dos Sinos, cultura gastonômica

Uma pitada de liderança. Algumas colheres de companheirismo. Irmandade e conhecimento à gosto. Essa é a receita de sucesso e tradição da Ordem DeMolay em Santa Maria. Com o objetivo de preservar a moral enquanto homens, pais e líderes, há mais de 10 anos jovens de 12 a 21 anos reúnem-se semanalmente e investem esforços em novos projetos em prol da sociedade santamariense. Os meninos, representantes do Capítulo Coração do Rio Grande, resolveram inovar e provaram que cultura também está na mesa. Cultuando a tradição italiana, os jovens garotos têm um projeto de jantares típicos junto ao Instituto Beneficente Rui Barbosa.

O sucesso do projeto se deve a uma parceria com a Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos). Cinco estudantes do 4° semestre do Curso de Gastronomia acreditaram na idéia dos garotos e vêm de São Leopoldo para servir com qualidade a todos os convidados. A intenção, de acordo com o Presidente do Capítulo Coração do Rio Grande, João Cardoso Gomes Filho, é dar seqüência ao projeto, valorizar outras etnias e reverter a verba em benefício das ações e campanhas de solidariedade do grupo.

Empreendedorismo na saúde

Conheça a trajetória do Syns e saiba como a empresa promove a saúde

Saúde e qualidade de vida são dois temas estreitamente relacionados. Diante dos problemas ambientais e da busca inconseqüente pelos corpos perfeitos, entre outros fatores que acarretam patologias, viver bem e com saúde é um entre os principais objetivos perseguidos por médicos, especialistas, pesquisadores e cientistas. Entretanto, uma aposta vencedora na garantia da qualidade de vida da família rural mostrou que a conquista desse objetivo está não só perto de nós, mas na nossa região.

O bancário Marco Antônio Machado começou sua empreitada com um negócio que disponibilizava para o público em geral um cartão de descontos em farmácias, lojas e postos de gasolina, entre outros segmentos. Hoje, é proprietário da Syns, prestadora de serviços na área de saúde. A administradora de empresas e filha de Marco, Anelise Senger Machado, conta que a empresa, com a matriz em Santa Maria e no ramo desde 1996, abrange os municípios de Itaara, São Pedro do Sul, Mata, Toropi, Jari, Nova Esperança do Sul, Quevedos, São Martinho da Serra, São Francisco de Assis, Manoel Viana, São Vicente do Sul, Dilermando de Aguiar, Júlio de Castilhos, Ivorá, São João do Polêsine, Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Restinga Seca, Nova Palma, Pinhal Grande, Cacequi, Tupanciretã, Formigueiro, Paraíso do Sul, Silveira Martins, Santiago, Rosário do Sul e Jaguari.

Com cerca de 75 funcionários, entre matriz e interior, a Syns promove a saúde por meio de convênios com médicos, instituições hospitalares e laboratórios. Os maiores beneficiados, segundo Anelise, são os produtores rurais do interior, que atualmente contam com um serviço apto para o suporte, acompanhamento e indicações médicas. “Nós não só acompanhamos o associado no seu tratamento médico, como se necessário o recepcionamos na rodoviária e lhe damos o suporte necessário para atingir os seus objetivos em saúde e bem estar”, ressalta ela. Palestras direcionadas à prevenção também são foco da empresa: “Buscamos, periodicamente, promover palestras preventivas no interior com o intuito de disseminar à família rural e ao associado a importância da prevenção”, finaliza Anelise.


Foto syns.JPG

Próxima Expotupã já tem data definida

A 53ª edição da Expotupã e a 4ª Expocultura já têm data definida. Os eventos, que acontecem simultaneamente, serão realizados de 21 a 26 de maio e já geram expectativa entre os moradores e negociantes em potencial.


A Expotupã é a quarta feira mais antiga do Estado e a terceira da região. A sua primeira edição ocorreu no ano de 1908 e, registrou, nos últimos seis anos, um crescimento de público equivalente a 200%.

Na indústria e comércio a Feira também apresenta elevado crescimento, mantendo expositores fiéis e captando novos. Além de ser um evento tradicional e reconhecido, a feira contempla ações direcionadas para o desenvolvimento social. A criação da Expocultura é a prova. Na sua 4ª edição, o evento já é destaque pela disseminação da arte e pelo incentivo à cultura.

Acerca do desenvolvimento regional, o evento proporciona negócios que se estendem além do Parque de Exposições, movimentando o comércio local, hotéis da cidade e região, postos de gasolina e restaurantes, entre outros.

Com o lema construindo novos horizontes e, depois de focalizar-se na pecuária, com o intuito de reprodução e comercialização, ampliação e formação de empresas no município, a próxima edição levantará uma diversidade de aspectos, trazendo, ao público visitante, palestras, oficinas e programação cultural.

Tupanciretã tem economia voltada para o agronegócio, sendo 78,9% do seu Produto Interno Bruto originário do setor primário. O município é o maior produtor de soja do Rio Grande do Sul e o trigo também é uma cultura de expressividade na região.

3.JPG

Nossa Senhora da Conceição, que também é a Nossa Senhora Mãe de Deus e Padroeira de Tupanciretã, vêm, conforme os produtores, abençoando os negócios da sua maior feira.

Créditos: Divulgação


Carnaval sem bebidas alcoólicas para adolescentes

Promotoria de Faxinal do Soturno firmou acordo com clubes em cinco cidades abrangidas pela Comarca


Prevendo um possível abuso em bebidas alcoólicas no carnaval, o promotor de Justiça Claudio Estivallet Junior chamou os responsáveis por oito clubes localizados nos municípios de Faxinal do Soturno, Ivorá, Dona Francisca, São João do Polêsine e Nova Palma para assinarem um termo de compromisso de ajustamento de conduta.

O acordo adota várias medidas que dificultam o consumo de bebidas alcoólicas por adolescentes nos bailes de Carnaval e enterro dos ossos. Entre elas, está a identificação dos adolescentes e adultos que ingressarem nos estabelecimentos e a orientação de seguranças para o cumprimento do acordo. Os responsáveis pelos clubes também se comprometeram a fazer ampla divulgação, por meio de cartazes, painéis de propaganda e em emissoras de rádios, que o Estatuto da Criança e do Adolescente proíbe "a venda, fornecimento, ainda que gratuito, entrega ou consumo de bebidas alcoólicas para crianças e adolescentes".

Foto03.JPG
Carnaval 2008 será mais prudente.
Créditos: Divulgação
Fonte: Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul

Acontece na Região Centro

Depois que o informe Região Centro: Cidades & Notícias apresentou algumas das realizações dos municípios de Caçapava do Sul, Manoel Viana, Mata, Novo Cabrais, Pinhal Grande e Santa Maria, programas, projetos, ações e perspectivas que você não conhecia se tornaram conhecidos e, como almejávamos, você conheceu parte do cenário político, econômico, social e cultural da região onde vive. Mas não pára por aí.


Saiba mais sobre alguns municípios da região e sobre outros que ganham destaque no Estado:


  • AGUDO: A programação para a Semana do Município, que ocorre de 09 a 17 de fevereiro e homenageia os 49 anos de emancipação de Agudo, no dia 16 de fevereiro, já está sendo definida. Segundo a secretaria municipal da Indústria, Comércio e Turismo, a abertura oficial acontece dia 9, no CTG Sentinela do Jacuí, onde ocorre a XXVI edição do Rodeio Crioulo Intermunicipal. No dia 16 de fevereiro, além da copa Conrad de Futsal, a degustação de uma cuca de 49 metros e show artístico irão compor a grade de programação variada. Já no dia 17, ocorre o Torneio Interseleções sub-23, no estádio do Elite, e a final do Concurso Rainha dos Balneários.
  • DILERMANDO DE AGUIAR: O município possui várias entidades culturais e recreativas: dois Centros de Tradições Gaúchas (CTG), Piquetes de Laçadores, Associações Futebolísticas na Sede e no Interior, Salões Paroquiais, 10 Associações Comunitárias no interior, além de um Centro de Incentivo à Produção de Artesanato Caseiros e Assistência Social.
  • DONA FRANCISCA: Localizada a 18 quilometros da sede do município de Dona Francisca, na localidade de Trombudo, está uma das 14 agroindústrias da Rede da Casa, da Quarta Colônia: Agroindústria M. Lobler. Com uma produção baseada nos derivados da cana-de-açúcar, a produção familiar de rapaduras, melado batido e açúcar mascavo da M. Lobler conquista os moradores da região.
  • FAXINAL DO SOTURNO: Mesmo depois das festas de final de ano, as obras em Faxinal do Soturno continuaram aceleradas. Estão sendo construídas cinco pontes no interior do município, dois muros de contenção da beira de sangas e, já está em andamento a instalação das redes de macro-drenagem no Distrito Industrial e na rua Padre Vitorino Roggia.
  • FORMIGUEIRO: Originária do município de São Sepé, a cidade de Formigueiro recebeu esse novo devido às longas filas de carroças que percorriam o trajeto entre Restinga Seca e a fronteira.
  • ITAARA: Nos dias 15,16 e 17 de fevereiro de 2008 acontece em Itaara o 2° Festival de Verão. No dia 15 de fevereiro, o show de abertura fica por conta do furação da Bahia: A cantora Ivete Sangalo. O show acontece na Pedreira Brita Pinhal e já movimenta a organização de excursões de toda a região.
  • IVORÁ: A população total do município era de 2.495 de habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2000). Sua Área é de 122,89 km² representando 0.0457% do Estado, 0.0218% da Região e 0.0014% de todo o território brasileiro. Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0.777, segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000).
  • JAGUARI: O município está situado na região centro-oeste do Estado. Tem muita semelhança com algumas regiões da serra gaúcha, pelo seu relevo e pela cultura italiana predominante.
  • SANTIAGO: No dia 4 de janeiro, Santiago completou 124 anos de emancipação político-admistrativa. A festividade aconteceu na noite de 03 de janeiro, no Largo em frente à Prefeitura com shows, bolo gigante, fogos e participação de milhares de pessoas.
  • ARROIO DO TIGRE: O Festival da Carpa e Feira de Produtos Coloniais, realizado no final da semana anterior à Páscoa, é uma das principais promoções anuais que ocorrem em Arroio do Tigre. Concomitantemente, realiza-se a Feira de Produtos Coloniais, que destaca a gastronomia local.
  • RIO PARDO: As soberanas do carnaval de Rio Pardo já foram escolhidas. O título de rainha é de Katiúscia de Almeida Teixeira, 17 anos, representante da escola de samba Realeza da Vila. Jéssica Ramos, 16 anos, representante do bloco carnavalesco Enamorados, recebeu a faixa de primeira princesa e, Camila Luz de Souza, 18 anos, da Escola de Samba Embaixadores do Ritmo, levou o título de segunda princesa para casa.
  • SANT’ANA DO LIVRAMENTO: No dia 14 de fevereiro, a partir das 9h, será inaugurada a Farmácia Popular do Brasil de Sant’Ana do Livramento. O projeto prevê a venda de medicamentos a baixo custo, com descontos que chegarão a 90%.


Arquitetura colonial de sãojoão do polêsine.jpg Faxinal do soturno.jpg Igreja valeveneto.jpg ITAARA.JPG Novapalma balneario.jpg Seminariopadrespalotinos.jpg Arroio do tigre.jpg
De beleza natural à ponto turístico: Essas são apenas duas das características dos municípios que compõem a região centro do Estado.

Créditos: Divulgação