SEARCH
TOOLBOX
modified on 22 de novembro de 2010 at 17h26min ••• 1 777 views

Educação - O Sonho de cursas faculdade é possível

De Wiki.dois

Capa educação.JPG

Educação

  • Data de Publicação: 29 de outubro de 2008



Tabela de conteúdo

Educação

Nesta edição, confira:

  • O sonho de cursar faculdade é possível na região central do Estado
  • Ensino de qualidade é requisito para ingresso ao ensino superior
  • Mercado de trabalho exige domínio de outros idiomas


Qualificação no interior do Estado

Reconhecido e perto de casa: ensino superior na região é possível e promissor

O Rio Grande do Sul é um dos estados com melhor qualidade de ensino do País. De acordo com a avaliação feita este ano pelo Ministério da Educação (MEC), três das universidades situadas no Estado estão entre as 20 melhores do Brasil. Foi dos gaúchos também a melhor nota no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2007. E a qualidade não se restringe à capital. O interior conta com três das cinco Universidades Federais situadas no Estado e, a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UFRGS) marca presença em diversas regiões, bem como as instituições particulares que agregam valor ao processo educativo de ponta a ponta no Estado.

A região central uma das áreas de maior destaque. Santa Maria conquistou a melhor nota do Enem no RS, além de possuir a 20° melhor Universidade do País, a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A cidade é hoje considerada um pólo educacional e esta denominação se deve muito à UFSM. Ela é a instituição que arrecada mais estudantes no centro do Estado. Só no próximo vestibular, que acontece entre os dias 13 e 16 de janeiro de 2009, serão oferecidas 2.022 vagas em Santa Maria, distribuídas em 66 cursos de graduação. A UFSM foi fundada em 1960, sendo a primeira Universidade Federal do interior do País. Até então, quem sonhava com o ensino superior e gratuito tinha que deslocar-se para a capital. Hoje o município conta com sete instituições de ensino superior, além de qualificadas organizações que disponibilizam pós-graduação e ensino à distância. Cachoeira do Sul é outra cidade que merece destaque no quesito ensino superior. O município, além de possuir um dos campis da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), é um dos pólos da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) e da Universidade Aberta do Brasil (UAB). De acordo com a coordenadoria do pólo da UAB, dentro de uma perspectiva de crescimento e desenvolvimento local e regional, a possibilidade de atendimento a demandas e à habilitação profissional, permitindo atualização permanente das tecnologias emergentes já é uma realidade na cidade e, por conseguinte, nos municípios próximos.


Alaneducação.jpg

Para Binotto, a especialização leva a qualificação, agrega valor e é fundamental para o crescimento e desenvolvimento profissional.

Créditos: Arquivo pessoal


Especialização ao alcance dos dentistas de Santa Maria e região – O expressivo número de jovens que busca Santa Maria pelo rótulo cidade universitária não tem a graduação como único objetivo. Depois que terminam o curso superior, a dúvida da maioria deles é o que fazer? Alguns optam por ingressar imediatamente no mercado de trabalho e outros planejam viajar. Mas muitos buscam um curso de pós-graduação. Para esses, o difícil é encontrar na cidade, ou próxima a ela, aquele que esteja de acordo com o que o estudante procura. Os dentistas da região, até pouco tempo atrás, deparavam-se com esse problema. O diretor da Unidade Avançada da Uningá SM, Alan Binotto teve uma experiência difícil. Depois de formar-se em Odontologia na UFSM, precisou ir para Porto Alegre e, posteriormente, a Maringá (PR) para especializar-se. “A situação é uma verdadeira barreira para a maioria dos odontólogos de Santa Maria e de grande parte do interior do Estado para se qualificarem e se atualizarem de acordo com a exigência do mercado e da profissão”, revela ele. Binotto fez da dificuldade uma oportunidade e, em dezembro de 2006, um campus da Uningá, centro universitário focado na saúde, cuja matriz fica em Maringá, no Paraná, foi aberto em Santa Maria. Hoje a Uningá SM tornou-se referência, tendo alunos que saem de Porto Alegre e região Metropolitana para estudar na instituição. O próximo desafio, segundo o diretor, é implantar os projetos em desenvolvimento que enfatizam outras área da saúde.


Ufsmeducação.jpg

A UFSM é a instituição que arrecada mais estudantes no centro do Estado.

Créditos: Divulgação


Não perca o vestibular

  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Provas: de 13 a 16 de janeiro de 2009

Inscrições: até o dia 7 de novembro

  • Centro Universitário Franciscano (Unifra)

Provas: de 9 e 10 de dezembro de 2008

Inscrições Encerradas

  • Faculdade Palotina (Fapas)

Provas: 13 de dezembro Inscrições: de 3 de novembro a 5 de dezembro

  • Faculdade de Direito de Santa Maria (Fadisma)

Provas: 23 de novembro

Informações: (55) 3220 2500

  • Faculdade Metodista de Santa Maria (Fames)

Provas: 30 de novembro

Inscrições: 27 de outubro a 27 de novembro

  • Faculdade Santa Clara (Fascla)

Informações: (55) 3025 9725

  • Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) - Santa Maria

Provas: 6 de dezembro

Inscrições: de 3 a 29 de novembro

  • Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) - Cachoeira do Sul

Provas: 6 de dezembro

Inscrições: até o dia 4 de dezembro

  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS)

Provas: Data ainda não definida

Informações: (51) 3288 9000

  • Universidade Aberta do Brasil (UAB) – Pólo Cachoeira do Sul

Informações: (51) 3724 6007


A hora da escolha

Qualidade de ensino desde os primeiros anos de vida

Um ensino de qualidade começa desde os primeiros anos de estudo e, nenhum pai pode fugir da dúvida que surge quando seus filhos chegam na idade escolar: por qual instituição de ensino optar? Para resolver a questão, eles devem ter em mente que as séries iniciais são o ponto de partida na vida acadêmica e representam o primeiro passo na tomada do desenvolvimento da autonomia reflexiva da criança. De acordo com especialistas da área, uma alfabetização adequada torna mais eficaz o aprendizado nos anos seguintes. Pensando nisso, alguns colégios oferecem também o ensino médio, permitindo a continuidade do aprendizado com o mesmo método de ensino, além de uma boa estrutura física e atividades extracurriculares, que possibilitam o desenvolvimento de outras habilidades.


Santanaeducação.JPG

Outro ponto de destaque para o Sant’Anna é a participação da comunidade educativa nos projetos, atividades e eventos que fazem parte do dia a dia do colégio e evidenciam a integração família/escola.

Créditos: Arquivo Colégio Sant’Anna.


NO CORAÇÃO DO RIO GRANDE - O Colégio Santa’Anna, em Santa Maria, é um exemplo com essas características. É uma instituição católica, dirigida pelas Irmãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã e, tem como mantenedora a Sociedade Caritativa e Literária São Francisco de Assis. Desde 1905 oferece uma educação pautada nos ideais franciscanos de paz e bem. Hoje, com 103 anos de trajetória, é reconhecido não só pela qualidade de ensino, mas pela proposta que cultiva, respeitando os diferentes credos e acolhendo as diferenças na valorização da vida. Aliando tradição e modernidade, contempla Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio. Atividades optativas como dança, ballet, ginástica rítmica, taekwondo, teatro, além de variadas modalidades esportivas como futsal, voleibol, handebol e basquetebol, compõem a sua linha diferencial. Os inúmeros ambientes que oferece aos estudantes também são destaques. Bibliotecas amplas e atualizadas, laboratórios de Química, Física, Biologia, Matemática e Informática, salas de multimídia, pracinha e sala de brinquedos, capela, salões, bar e área coberta, revelam um cenário onde a educação é a protagonista e a preocupação com ela a palavra de ordem.


VIVÊNCIA DE VERDADE - Outro diferencial da escola é um sítio, onde crianças e adolescentes podem vivenciar experiências relacionadas ao plantio, acompanhamento e colheita das diferentes plantas que forem trabalhadas. O espaço, segundo o colégio, oportuniza o aperfeiçoamento do conhecimento desde os primeiros anos de estudo, até os que precedem o vestibular. Por causa de atitudes como esta é possível verificar a proposta político-pedagógica audaz e desafiadora do Colégio Sant’Anna, que para cumpri-la conta com um corpo docente qualificado para atender os diferentes níveis e, profissionais gabaritados para atender as expectativas de sua clientela.


Inglês

Não basta saber falar, tem que fazer negócio

Foi-se o tempo que um curso superior era o suficiente para garantir trabalho. É cada vez maior o número de pessoas com 3° grau. Por isso, é importante estar bem preparado e procurar cursos fora da graduação. Isso pode ser decisivo na hora de conseguir emprego. Aprender uma língua estrangeira é um dos quesitos mais levados em conta na hora da seleção de um profissional.

Com a globalização dos negócios, são poucas as empresas que não mantêm contato com organizações estrangeiras. Além disso, outra língua é fundamental para os interessados em alguma especialização. A diretora do Centro Cultural Challenger Brasil, Adriana Arruda, argumenta: “O conhecimento de um novo idioma deixou de ser diferencial e se tornou essencial para quem está entrando no mercado de trabalho ou vai buscar uma especialização”.

Pensando nisso, o Challenger traz uma alternativa que poderá contribuir de forma eficaz na preparação daqueles jovens e adultos que pretendem cumprir os requisitos que o mercado de trabalho exige. Trata-se do Master English Business Challenger (MEBC). O curso, de imersão em inglês com foco em negócios, é direcionado a pessoas que já têm um nível intermediário em inglês, mas que querem conhecer melhor a linguagem dos negócios.

As aulas acontecerão aos finais de semana, a cada quinze dias. São nove módulos de aprendizado e 194 horas de aula ao total. O ponto forte, além da carga horária, é o corpo docente qualificado. “Os professores possuem experiência no ensino do idioma e na área dos módulos que ministram aula, como marketing, recursos humanos e empreendedorismo, entre outras linhas”, revela Adriana.

Para quem almeja um bom lugar ao sol e deseja adquirir novas formas de pensar e expressar-se, vale a pena conferir. E para aqueles que primeiro desejam aprender a falar fluentemente outro idioma, o Challenger oferece inglês através do Método Callan e, também o ensino de espanhol.


Halloweeneducação.jpg

Nem só trabalho: A integração também é marca registrada do Challenger. Preparar-se para o mercado de trabalho usufruindo da descontração sempre gera bons resultados.

Créditos: Arquivo Challenger


Preparando para a vida

Os Irmãos Maristas estão presentes em mais de 75 países, proporcionando educação integral a crianças e jovens de todo o mundo. E, felizmente, no Brasil, a sua missão e visão também estão presentes. Em Cachoeira do Sul, a idéia de comunicar valores, tendo como principais atributos o amor, a presença amiga do educador junto ao educando, o esporte, a constância no trabalho e o espírito de família, começou em 1929, quando chegaram no município os primeiros irmãos para plantar a semente de uma educação apaixonante, capaz de marcar o coração e a mente de quem com ela pudesse desenvolver processos criativos e inovadores.

Da semente veio o fruto: o Gymnásio Municipal Roque Gonçalves. Com o passar dos anos, ele cresceu, se fortaleceu e rendeu outros frutos ao multiplicar o saber e formar estudantes qualificados, bons cristãos e virtuosos cidadãos. Hoje, com o nome de Colégio Marista Roque, a instituição é dona de uma vasta lista de distinções e, de acordo com David Hatsek, assessor de comunicação, a organização promove constantemente o crescimento. Para os pais cachoeirenses que pretendem proporcionar aos seus filhos a formação completa e a base necessária para encarar os desafios seguintes como o vestibular, o mercado e a própria vida, o Colégio Marista Roque é uma opção que, nos três níveis de ensino que oferta, Infantil, Fundamental e Médio, agrega conhecimento, cultura, religião e responsabilidade social.


Maristaeducação.jpg

O desenvolvimento de processos criativos é um dos objetivos do colégio.

Créditos: Arquivo Colégio Marista Roque



O FOCO DOS PROJETOS

EDUCAÇÃO INFANTIL:

  • Iniciação e incentivo ao hábito da leitura
  • Desenvolvimento da sensibilidade auditiva e criativa


ENSINO FUNDAMENTAL:

  • Conhecimento do RS através de aspectos físicos, históricos e culturais, entre outros
  • Desenvolvimento da sensibilidade e gosto pelo canto coral
  • Reforço de aprendizagem
  • Reflexão e auto-conhecimento
  • Intervenção multidisciplinar
  • Desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático, estímulo à criatividade e trabalho em equipe
  • Interação entre a família e a escola
  • Informação e conhecimento para a vivência de uma sexualidade saudável
  • Incentivo à arte


ENSINO MÉDIO:

  • Compreensão da relação dos seres vivos com o meio e o resultado de todas as interações realizadas neste âmbito
  • Orientação profissional
  • Incentivo ao teatro, dança, esporte e música
  • Desenvolvimento e percepção de liderança
  • Conhecimento das ferramentas da internet