SEARCH
TOOLBOX
modified on 10 de janeiro de 2011 at 19h44min ••• 4 446 views

Construções, Móveis e Decoração - Praticidade é palavra de ordem

De Wiki.dois

ConstruçaomoveisedecoraçaocapaprontaCapa.JPG

Construção. Móveis. Decoração

  • Data de Publicação: 30 de junho de 2009



Tabela de conteúdo

Construções, Móveis e Decorações

  • Praticidade é palavra de ordem
  • Na medida certa: Móveis planejados combinam funcionalidade com bom gosto
  • Do velho, o novo: Reaproveitar está na moda


Moda prática

Para você

Está difícil, não está? As gavetas parecem não comportar tudo que você tem. Como se não bastasse, você arruma a casa e, num instante, está tudo bagunçado outra vez. Você se pergunta: Como é que pode? Meu apartamento é tão pequeno? Calma. O caderno Contrução, Móveis & Decorações preparou umas dicas bem práticas para você. Entre, fique à vontade. A casa é sua!


Entrevista

A idéia de funcionalidade em projetos arquitetônicos e na distribuição do mobiliário deve ser constante e nortear a concepção de tais conceitos. O caderno Construção, Móveis e Decoração (CM&D) conversou com Ricardo Rocha, professor do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Ricardo é formado pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), doutor pela Universidade de São Paulo (USP), e pós-doutor pela portuguesa Universidade do Porto.

CM&D - Como a idéia de funcionalidade se posiciona dentro da concepção de uma obra, e como ela evoluiu junto à Arquitetura?

Rocha - A funcionalidade está na mesma raiz da concepção de uma obra, e a atividade do arquiteto é, justamente, encontrar uma solução que “funcione” adequadamente, seja agradável, bela e bem realizada. Vitrúvio, arquiteto romano do Século I a.C., já apontava a necessidade da conciliação entre os aspectos funcionais, construtivos e estéticos de uma obra. Mas é durante a primeira década do século passado e em parte da segunda, que a questão da funcionalidade ganhou proeminência entre os arquitetos ditos “modernos”. Hoje em dia, temas como “multifuncionalidade” e “flexibilidade” estão na ordem do dia, em função das mudanças cada vez mais rápidas nas necessidades e atividades humanas e, consequentemente, em seus suportes materiais.

CM&D - Como conceber um projeto que, além de ser atraente, traga bem-estar para aqueles que irão viver ou trabalhar no local? Existem tendências nesse quesito?

Rocha - Primeiro, é necessária uma formação sólida em arquitetura. Segundo, é indispensável não cair na tentação das soluções aparatosas. Isto é: bom senso nunca é demais. Finalmente, o conhecimento das reais necessidades e desejos dos clientes é fundamental. Tendências surgem e vão embora, é necessário separar o joio do trigo. A funcionalidade de um ambiente não está relacionada com nenhuma tendência em especial. Deve-se tomar cuidado com modismos. Tudo depende da situação – e do projeto. Uma cadeira Thonet pode ser tão “funcional” quanto uma poltrona Barcelona – e estamos falando de criações com mais de oitenta anos!

CM&D - Para finalizar, qual o diferencial da presença de um arquiteto no planejamento e execução de uma obra?

Rocha - Sua presença é indispensável para um equilíbrio entre os aspectos estéticos, funcionais e construtivos de uma obra.


Fentrevistacmdrochaoto cadeira.jpg

Na foto, um exemplo de cadeira Thonet.

Créditos: Divulgação


Com a sua cara no seu espaço

Não tem jeito: todo mundo quer ter uma casa, um escritório, um ambiente com o qual se identifique. E o mais interessante é que, com o passar do tempo, essa necessidade só evoluiu. Hoje, ela assume o papel do desejo de viver, morar e sentir-se bem. Por isso, os móveis planejados, feitos sob medida, são cada vez mais procurados. Segundo Mariana Pinheiro, designer da Mathiane Móveis, loja especializada em Santa Maria, personalização, inovação na composição dos materiais e o designer dos produtos são palavras-chave. Ela conta que quando um móvel é planejado para uma situação específica o seu aproveitamento é maior. E ainda revela que quando está planejando um móvel, as perguntas que faz para si mesma são: Para que esse móvel vai servir? Como o usuário irá manuseá-lo em seu dia a dia? “A partir dessas perguntas, começo planejar o móvel a fim de que ele seja o mais funcional possível para o cliente. Uma vez definida a disposição ideal e o tipo de mobiliário, eu tenho a capacidade de trabalhar em cima da sua estética, sempre levando em consideração o estilo do cliente. Com isso, é possível aliar a funcionalidade com a estética”, resume Mariana. Nesse contexto, na Mathiane Móveis a principal fonte de inspiração é justamente o cliente. A empresa atenta para suas expectativas, estilo de vida e mais: faz estudo do ambiente e de seu aproveitamento.


Para o leitor que tem interesse na alternativa, ficam as dicas

  • Estética e funcionalidade devem andar juntas: Na hora de buscar um novo móvel, pense no seu aproveitamento.
  • Na hora da distribuição dos móveis, vale pensar na sua utilização e também na sua função. “Por exemplo, em uma cozinha, projetar móveis que facilitem a utilização dos eletrodomésticos e dos utensílios. Para isso procuramos utilizar prateleiras, nichos e gaveteiros que permitam essa organização”, ilustra Mariana.
  • Quem quiser personalizar ainda mais, uma boa dica são os adesivos. “Além de deixar os móveis mais bonitos, é possível deixá-los com o estilo do cliente”, ressalta a profissional.


Fcomasuacaranoseuespaçofoto2pagina2oto mathiane.jpg

Na imagem é possível conferir um dos projetos da Mathiane Móveis. O atraente banheiro infantil alia funcionalidade e modernidade sem perder a essência da criança.

Créditos: Arquivo Mathiane.


Cozinha

Fique por dentro

Fiquepordentrodozinhafototrespagina2Foto cozinha.JPG


Créditos: Divulgação


As tendências em cozinha, assim como a moda e as demais aplicações da arquitetura, seguem padrões culturais. Então, funcionalidade é aí também palavra mágica. Dê preferência para projetos com linhas mais retas, de formas mais limpas, sem muita interferência visual. E atenção: atualmente elas são mais baixas e os armários não chegam mais ao teto.


Elegância Interior

Glamour na medida certa

O número de pessoas morando sozinhas cresceu no Brasil. Segundo dados do último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 11,07% dos 54,6 milhões de domicílios avaliados eram ocupados por apenas uma pessoa. Os dados refletem uma nova tendência social e cultural, principalmente entre os jovens: a procura por imóveis pequenos, que proporcionam privacidade e são mais viáveis economicamente. Para quem é solteiro, em especial, ter um apartamento pequeno e bem organizado significa mais comodidade e menos chance para a bagunça tomar conta. A maior parte dos jovens adultos tem passado pouco tempo em casa, seja por estar estudando ou trabalhando, seja por estar socializando com os amigos. Assim, o imóvel que proporciona conforto e praticidade surge como melhor opção para quem vive na correria do cotidiano.

  • Pequeno no tamanho, grande em estilo – Para a Abitare Interiores, referência em Santa Maria e região, em apartamentos

pequenos, a dica de decoração é otimizar os espaços. A integração de ambientes, que evita portas e divisórias, diminui problemas de circulação entre os cômodos e promove o uso de novas alternativas como móveis mais atraentes e práticos, proporcionando leveza e estilo correspondentes ao perfil do morador. A tendência, na escolha de cores, é evitar tons fortes e texturas, que sobrecarregam o ambiente e provocam a sensação de confinamento. Tons claros e suaves ampliam de forma natural o espaço. A iluminação natural e a utilização de espelhos provocam efeitos semelhantes na amplitude do local.

  • A escolha ideal - No mobiliário, apostar em algumas peças grandes é mais vantajoso que ter diversas peças pequenas. Os móveis grandes dão aspecto organizado ao apartamento e acomodam outros objetos pequenos da casa. Utilizar móveis funcionais também é uma boa alternativa. A Sala Smart (foto), da Abitare, é um exemplo de praticidade para a sala de jantar. A mesa de vidro, que acomoda de quatro a sete pessoas, tem como base um grande balcão com gavetas e prateleiras para guardar utensílios domésticos, todo em madeira Imbirema. De acordo com o diretor da loja, Jones Caldas Junior, “o balcão buffet serve também como base para o tampo de vidro, ideal para pequenos espaços”.


Glamournamedicacertafotoumpag3Sala Smart I.jpg

A sala de jantar (foto) denota um estilo clean que combina praticidade e modernidade.

Créditos: Arquivo Abitare


“Aproveitar bem os ambientes pode ser a melhor solução para quem procura por comodidade e conforto em apartamentos pequenos. A decoração, os tons de cores e a iluminação podem proporcionar amplitude ao local. Aliadas à disposição inteligente dos móveis, essas medidas também podem promover a funcionalidade e a praticidade do imóvel”.


Aproveitarbemosmabientesfoto3paginatresFoto abitare - evento.JPG

Extra: A Abitare Interiores marcou presença no Monet Living Show. No último dia 20, a ideia transmitida ao público foi de praticidade e criatividade.

Créditos: Maurício Martini


Casa Viva

Conforto combina com qualidade

Oficialmente, o inverno chegou há alguns dias, mas já faz tempo que o sol está aparecendo menos e que as folhas amareladas deixaram as árvores para decorar as calçadas e as ruas da cidade. O ar gélido da estação, que parece penetrar por baixo das roupas volumosas e quentes, faz com que muitas pessoas prefiram passar a noite e os finais de semana no conforto familiar de casa, em oposição à aventura fria de sair para bares e restaurantes.


  • Lar, doce lar - Para aproveitar a estação em casa, nada melhor que um ambiente confortável e aconchegante. Segundo Anne Eyre Caldas, gerente comercial da Masotti em Santa Maria, o lar deve funcionar como “um paraíso particular”. A definição não poderia ser melhor e já denota uma tendência: “a casa deixa de ser um símbolo de status para ser um lugar onde você se sente bem”, com bem ilustra ela. Na sala de estar, local de lazer dos moradores, um sofá grande e acolhedor, alinhado à televisão, é essencial para assistir a um filme acompanhado de chocolate quente, pipoca e amigos. O quarto principal também merece atenção especial. Com a disposição correta dos móveis, o ambiente pode acomodar espaço de leitura e home office, além do conjunto básico de cama confortável e closets espaçosos. No aniversário de 50 anos, a Masotti lança uma nova linha de dormitórios e home offices, a Stória. A coleção aposta na praticidade dos escritórios em casa, para quem deseja trabalhar com privacidade e conforto, e na valorização do quarto como local de bem-estar e descanso. Se com o tempo frio, cresce a vontade de ficar em casa, nada melhor do que aproveitar a estação para investir nos aspectos acolhedores dos ambientes e criar um clima caloroso e confortável para o resto dos anos.

Conforto1Quarto.jpgConforto2Escritório.jpg

Conforto e estilo tem nome – Masotti. As peças em destaque são em madeira Jequitibá com certificação e proveniente de florestas manejadas. A coleção Stória, da qual fazem parte, foi desenhada para comemorar o Jubileu de ouro da Masotti, revisitando suas raízes culturais, sob uma ótica contemporânea . “São móveis carregados de significado e fascínio sem deixar de lado o estilo de formas funcionais, linhas retas e design limpo”, resume Anne.

Créditos: Arquivo Masotti.


Vale à pena

Hoje a Masotti é uma realidade de sucesso graças à sua postura em oferecer a excelência em produtos e processos. Por trás da marca, existe uma equipe especializada, com treinamento constante, além de uma moderna planta industrial, com tecnologia de ponta.

Você pode fazer em casa para a sua casa

Sabe aquela história de que o detalhe faz toda a diferença? É verdade. E tem mais: quem pensa que toda peça que cria essa diferença custa caro, vai se surpreender. Tem muita coisa simples barata e fácil de fazer. Isso mesmo: de fazer! Confira as dicas, aproveite e siga os passos.

Momentos eternizados=

Você tem muitas fotos e todas estão guardadas em caixas, ocupando espaço nas gavetas e armários. Se essa é você, criar molduras é uma boa pedida. Com isso você transforma as suas recordações em lindos quadros. A dica ganha valor em uma parede estreita, que pode ser realçada com uma disposição vertical de fotos. Veja como é simples:

Você precisa de:

  • Duas placas de foam board (isopor revestido de papel cartão) medindo 34,5 x 32,5 cm
  • Acetato
  • Estilete bem afiado
  • Cola em bastão e cola branca


Voceprecisade1Moldura - passo 1.jpg


Depois basta:

  • Preparar a moldura: meça 8,5 cm (a medida do passe-partout) a partir das bordas da placa de foam board, corte e reserve o miolo. Aplique a cola em bastão no foam board não cortado, junte a foto e coloque a folha de acetato por cima.
  • Arrematar: depois de colar o passe-partout sobre a foto protegida pelo acetato, corte do foam board restante duas tiras de 17 x 2 cm e fixe atrás do quadro. Essas tiras, em relevo, evitam que ele encoste na parede.


Voceprecisade2Moldura - passo 2.jpg


Está pronto:

  • Um canto para a leitura pode ser uma boa idéia para a arte.


Voceprecisade3Total.jpg


Rejuvenescendo

Uma veneziana antiga, velha, jogada em um canto qualquer e um telefone sem uso podem virar peças incríveis. Designers israelenses brincaram com “lixo” e “junção” O exemplo mostra um olhar totalmente novo sobre coisas que perderam a utilidade. Preste atenção nas suas coisas você também.


Rejuvenescendofotoump4Foto janela.jpgRejuvescendofotodoisFoto telefone.jpg


Nem tudo que parece lixo é lixo.

Créditos: Divulgação