SEARCH
TOOLBOX
modified on 22 de dezembro de 2010 at 13h47min ••• 4 089 views

Construções, Móveis e Decoração - Chegou a hora de vestir a sua casa para o inverno

De Wiki.dois

MoveisdecoraçaocapaprontaConstruçaocapa.JPG

Construção. Móveis. Decoração

  • Data de Publicação: 28 de abril de 2009



Tabela de conteúdo

Construções, Móveis e Decorações

  • Chegou a hora de vestir a sua casa para o inverno
  • O quente dos dias frios: Abitare apresenta tendências em salas de jantar e dicas para tornar o espaço aconchegante
  • Responsabilidade Ambiental: Masotti revela o seu compromisso com o meio ambiente e novidades para uma casa sustentável


Para você

Novidades quentes para a temporada fria

A mais gelada das estações está chegando: é o friozinho do inverno que começa a surgir. E os primeiros sinais já podem ser percebidos. Os termômetros marcam o despencar das temperaturas, e as janelas começam a embaçar. É agora que casacões e botas saem dos armários e que programas caseiros se tornam mais frequentes. Mas se sua casa ainda está em clima de verão, não há com o que se preocupar. Nós, do Caderno Construções, Móveis & Decoração, trouxemos dicas quentinhas, que vão elevar a temperatura do seu lar justamente nos dias frios. Para isso, conversamos com especialistas da área e, nas páginas a seguir, você poderá conferir tudo o que eles sugeriram: objetos de decoração, móveis, paisagismo, além de idéias sobre a estrutura da casa, para torná-la o mais aconchegante e prática possível. E para que você se sinta em paz com a consciência e com o meio ambiente, trouxemos também sugestões para tornar sua casa sustentável. Isso mesmo! Agora, você pode decorar seu lar e ainda preservar a natureza. Quer coisa melhor? Então não perca mais tempo, “entre” e veja tudo o que preparamos. É para você!


PaginadoisfotoumparavocenovidadesquentesFoto 1.editorial.jpg

A casa durante o inverno tem características peculiares


Atitude Profissional

A arquitetura é para todos


Núcleo do IAB de Santa Maria define a partir daí metas prioritárias para o período Qualidade de vida e bem estar para seus moradores, através de políticas e ações que priorizem os espaços urbanos em prol da coletividade. Uma cidade que valorize e seja fruto da preocupação com os seus habitantes, onde elementos urbanos são bem posicionados, a fim de facilitar a vida dos cidadãos. Tudo isso parece um sonho ou condição de primeiro mundo, não? Mas, considerando uma área urbana, através de ações de planejamento, por mais difícil que seja acreditar, é possível viver num município onde se leve estas questões à risca. E o primeiro passo é ouvir quem entende do assunto. O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), um órgão nacional que agrega profissionais e estudantes da área, com o intuito de buscar a valorização da Arquitetura dentro da sociedade, é quem melhor pode dar suporte.

Em Santa Maria tem - Para quem não sabe, o nosso município, felizmente, conta com um Núcleo para traduzir também aqui e na prática o lema do IAB: “a arquitetura é para todos”. O presidente, o arquiteto Ewerton Amorim, ressalta que, na cidade, a idéia é investir esforços em eventos e ações culturais, bem como na participação atuante de decisões políticas. “Deverá se buscar a aproximação da comunidade com o trabalho desenvolvido pelo arquiteto com uma série de novas ações. Esse é um de nossos principais desafios”, ilustra Amorim.

Junto de Daniel Pereyron, vice-presidente do Núcleo, o profissional recebeu a equipe do caderno Construções, Móveis & Decoração e ambos enfatizaram que, pensando no desafio prioritário, acreditam ser fundamental a relação entre a entidade e os poderes públicos, trocando experiências e pensando ações para a melhoria constante do município. “A Arquitetura é bem mais do que fachadas: são planejamentos urbanos bem feitos, equipamentos urbanos bem posicionados, planejamentos racionais para a cidade e também para as moradias, buscando qualidade de vida e o conforto ambiental. E nós queremos apresentar isso para a comunidade acadêmica e sociedade em geral”, completam os arquitetos.

Realização e Perspectiva - O Núcleo de Santa Maria, existente desde 2002, já participou de importantes fatos da cidade, como a localização do Hospital Regional, questionada pela entidade, entre outros acontecimentos que marcam a história dos futuros patrimônios culturais e históricos do município. Para 2009, o IAB busca captar novos sócios, junto com o planejamento de eventos e atividades que complementem a formação acadêmica dos nossos estudantes de Arquitetura. “E mais: que visem a própria qualificação dos profissionais do nosso núcleo”, ressalta Pereyron. Também, buscando nortear a prática da atividade na cidade, o IAB/SM pretende se concentrar na discussão de um padrão de honorários para os serviços profissionais, em Santa Maria. “Urge a compreensão de que o ato de contratar um Arquiteto e Urbanista transcende o supérfluo. Trata-se de uma necessidade por ser o profissional que detém o conhecimento em questões relacionadas ao planejamento da cidade e da arte de projetar edificações e espaços públicos com qualidade, conforto, funcionalidade e estética”, argumenta Amorim. Boa dica - Para obter mais informações sobre o IAB no Rio Grande do Sul e ter acesso à agenda de atividades, acesse o site www.iab-rs.org.br.


ArquiteturaparatodospaginadoisfotodoisDSC 7110.jpg

Segundo Amorim (dir.) e Pereyron (esq.), o IAB Santa Maria tem o objetivo de agregar novos sócios e, cada vez mais, ampliar o horizonte de troca de experiências e participação social.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann


Para planejar e concretizar

Sua casa, sua cara. Seu empreendimento, sua vida

  • O sonho - Um lugar aconchegante e atraente para chamar de seu é o que todo mundo quer. Chamar de “lar” um ambiente que seja versátil e funcional, para aproveitá-lo ao máximo é o desejo que povoa o sonho de muitos. Para concretizá-lo, no entanto, é preciso mais do que o desejo de construir. É preciso um profissional gabaritado e apto a bem orientar o sonhador. O arquiteto, capaz de absorver e expressar as emoções e necessidades dos clientes, é um aliado indispensável nessa jornada. E, garantir usabilidade e praticidade em seus projetos é sua missão. Segundo Plínio Ivar da Rosa, proprietário da Arq Projecon e dono de uma experiência de 40 anos, escritos em obras onde qualidade é marca registrada, a concepção de um projeto é dividida em etapas.
  • O segredo é quem faz - Partindo dos desejos dos futuros moradores ou empreendedores, considerando aspectos como beleza, praticidade e funcionalidade, o arquiteto revela que necessita expressar em seu projeto aspectos que se tornem sinônimos de lar ou de um negócio promissor. Além disto, fatores como orçamento e harmonia com o ambiente devem ser contornados: considerando o clima, o posicionamento do terreno e a disponibilidade financeira do cliente. Aliar estética e funcionalidade, sem esquecer de elementos que identifiquem o cliente com a sua nova empreitada é outra tarefa importante. O responsável pela Arq Projecon, referência no assunto, conta que é adepto de influências barrocas. “Ritmo, simetria e jogos de volumes trazem graça e valorizam esteticamente o projeto”, ressalta Plínio.


Destaque

De Volta às Origens – Resgatando as origens do povo gaúcho, a Arq Projecon concebeu a idéia do Edifício Nheçú. A obra recebe o nome do líder guarani, cacique e pajé todo poderoso, que liderou o primeiro posicionamento de resistência ao colonialismo europeu em terras hoje gaúchas. Nheçú significa “A Reverência”. Ele, do povoado de Pirapó, da Grande Tape, foi autoridade máxima nas terras próximas ao rio Ijuí, estendendo sua influência até as margens do rio Uruguai. A profecia “dia virá que o homem não poderá ver o sol e terá que retornar para a natureza” é creditada ao líder indígena. E a Arq Projecon vem para reforçar a regra e compactuar com a natureza e a energia que a mesma é capaz de conceder. A obra, que já gera expectativa, traz em seu projeto linhas e materiais que resgatam o contato com o ambiente externo, especialmente através da presença predominante do vidro. “Passado e presente mesclam-se e denotam um futuro onde a modernidade continua sendo a protagonista, mas a memória é resgatada. Valerá aguardar para conferir”, adianta o experiente e qualificado profissional.


DestaquessuacasasuacaraempreendimentosuavidaFoto plínio junto ao banner.jpg

Com os olhos voltados para o futuro, o responsável pela Arq Projecon revela aspectos que devem ser encarados pelos clientes como prioritários.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann


Para sentir-se bem

Criando espaços, planejando conforto

Neste inverno, o quente é explorar os sentidos e sensações, dando espaço para materiais e texturas diferentes, tirando partido especialmente das características da arquitetura regional. Em regiões como o Rio Grande do Sul, onde o clima é subtropical, e as estações bem definidas, pequenos cuidados na hora de decorar farão a diferença no quesito aconchego e bem estar. Confira:

  • Tudo prático - Para que sua casa fique aconchegante e tenha praticidade, é fundamental uma boa distribuição de móveis, que pode ser feita através da adoção de móveis planejados. Considerando os espaços da casa, a partir dessa tendência que veio para ficar, seu lar ganha em estilo, organização e valorização – adjetivos que a Mathiane Móveis conhece de perto. A empresa tem experiência no ramo e sabe como deixar sua casa com a sua cara. “Comercial ou residencial, a Mathiane Móveis faz jus a denominação ‘sob medida’, projetando de acordo com as especificações do cliente e quebrando paradigmas formais”, destaca Thiago Kozoroskv Palmeiro, designer de móveis da empresa. E atenção: apostar em fórmulas prontas é uma fria neste inverno. Cada proposta é única e, segundo Palmeiro, materiais naturais, como madeira e o couro, assim como em estofados, que estão cada vez mais criativos, saindo dos modelos de “poltrona” e “sofá”, ganhando alternativas cada vez mais bonitas, também são boa pedida. Nas cores, o forte são os tons pastéis e suas nuances, que trazem elegância aos ambientes e são pedidas certas em qualquer estação do ano.
  • Todo mundo sonha com um - O destaque do inverno é o closet, ambiente acolhedor e aconchegante, fundamental para dias frios. “O closet não é um ambiente exclusivo do inverno, mas pode ter esse caráter se pensarmos, por exemplo, no conforto térmico que ele proporciona”, salienta Palmeiro. Isso sem contar o sonho de consumo que o ambiente representa e o fato de ele não precisar mais ser encarado como luxo, mas sim enquanto necessidade.


MathianemoveisfotoumilhaclosetpaginaquatroFoto ilha.jpg

Uma das inovações da Mathiane Móveis é a ilha de acessórios (no centro do closet), um móvel super versátil e de fácil adaptação em qualquer ambiente.

Créditos: Arquivo Mathiane



Dicas do Inverno

  • Para a Sala de Estar, painéis de vidro adesivados, contrastando com madeira e outros materiais são uma combinação moderna e uma grande aposta neste inverno.
  • Nos Quartos, a tendência são os ambientes temáticos e também a utilização de adesivos de parede.
  • Escritórios, com ares de serenidade e elegância, podem ser decorados com laca, contrastando com a utilização de lâminas de madeira.


FotodoisdicasdeinvernoquartopaginaquatroFoto ZH - quarto casal.JPG

Para o quarto do casal, “com acabamento em lâmina de madeira e contraposição de materiais como vidro e alumínio, a proposta é um toque de modernidade”, destaca Palmeiro.

Créditos: Arquivo Mathiane Móveis.


A queridinha da casa

Não há casa mais aconchegante do que aquela com uma bela lareira acesa nos dias de frio. Além de ser um item de decoração, ela aquece o ambiente e reúne a família: todos querem ficar na sua volta. Com a tecnologia atual, são poucas as residências ou mesmo apartamentos que não a sustentam. Os modelos à gás ou elétricos, por exemplo, não necessitam nem mesmo de chaminé. Eles são bastante procurados, pois, além disso, não sai fumaça, não sujam a casa e ocupam pouco espaço. Outra opção são as pré-fabricadas, que são cada vez mais procuradas por serem de fácil montagem e colocação nos ambientes.

FototrespaginaquatroaqueridinhadacasaFoto 3.lareira.jpg

A lareira aparece, a cada inverno, como a queridinha da casa.

Créditos: Divulgação


Para acolher bem

A festa acontece em casa

Com a chegada do frio, os bares e restaurantes dão lugar aos jantares e reuniões em casa. Na estação, a sala de jantar passa a ser o ponto de encontro das famílias e dos amigos. E para que o ambiente entre em harmonia com o inverno, não é preciso gastar fortunas. A sala de jantar é um dos ambientes mais usados em uma casa, porém muitas vezes ela não recebe a atenção que merece. Bem projetada, pode transformar refeições em momentos memoráveis e prazerosos. A escolha dos elementos corretos pode fazer toda diferença. O sócio-proprietário da Abitare Interiores, Jones Caldas Junior, alerta que móvel não é moda, e não precisa ser trocado a cada estação. Nem sempre é necessário se desfazer ou mudá-los. “O importante é saber adaptar”, explica. “Tem se valorizado muito as mesas de jantar com design diferenciado e a mescla de materiais como a madeira e o alumínio ou acrílico, e também o uso de vidros tonalizados, como o preto, branco ou chocolate, que conferem leveza e sofisticação as peças”, exemplifica.

Como aumentar a temperatura da sua sala de jantar?

Caldas Junior explica que a questão é saber harmonizar os elementos. Os móveis mais requintados acabam fazendo parte da decoração e, por isso, deve-se sempre tomar cuidado para combiná-los com os demais acessórios. Uma boa sugestão, para ambientes menores são o uso de mesas redondas, pois estas ocupam menos espaço que as quadradas e as retangulares. O uso de um espelho em uma das paredes da sala de jantar ajuda a aumentar a sensação de amplitude do ambiente. Uma forte tendência tem sido utilizar cadeiras diferentes nas pontas das mesas retangulares, tanto nas texturas dos tecidos quanto do próprio modelo, podendo ser em diversos materiais, como a mistura da madeira e aço inox, fibra de vidro ou polipropileno. O uso de tapete, apesar de dificultar a limpeza, traz um resultado interessante desde que não atrapalhe o movimento das cadeiras. Outra dica para tornar o ambiente mais tematizado é a utilização de plantas e flores da estação, que decoram e ainda dão um charme todo especial ao espaço. Ele também sugere a combinação de cores neutras com listras em tons quentes, como vermelho, laranja ou vinho. E atenção: funcionalidade é pré-requisito. Mesas pequenas podem se tornar maiores com a utilização de alguns tampos reguláveis. Assim, a mesa não ocupa muito espaço e pode ser aumentada quando a lista de convidados for maior. O centro de mesa giratório em vidro é outro recurso bastante procurado e prático.

Paginacincoparaacolherbem10fotoum04c.JPG

Paraacolherbem2fotodoispaginacincoProduto 51 113.JPG Paginacincofototresparaacolherb3Produto 56 127.JPG

Funcionalidade é palavra de ordem.

Créditos: Arquivo Abitare


Sala de Estar

Sofá, o anfitrião elegante do conforto


Não tem jeito. A sala é uma das mais frequentadas divisões da casa, seja para esticar as pernas no fim de um cansativo dia de trabalho, para ver um bom filme a dois num domingo de chuva ou para oferecer um lanche aos amigos num domingo à tarde. Por essas e outras, a sala de estar tem de ser um espaço multifacetado. E se tem um lugar que pode ajudar você a encontrar a face que mais se adapta a sua personalidade é a Masotti.

De acordo com Anne Caldas, gerente da loja em Santa Maria, sala de estar tem de ser obrigatoriamente sinônima de comodidade. “Se não, quem é que vai querer estar lá?”, completa Jader Ehrhardt, responsável pela decoração e consultor de vendas. Portanto, se chegou a hora de escolher a sala de estar, o conselho deles é especial: “Para que a sala seja a sua cara, estabeleça algumas linhas orientadoras: seja minimalista, hi-tech, rústico ou contemporâneo etc. Depois, é só começar a compor. E um alerta: na hora da escolha, você precisa atentar para a identidade do móvel, averiguando se ele é capaz de “vestir” você, o conforto, a ergonomia e, especialmente, a praticidade e a funcionalidade. Dotado de todas essas características, um modelo salta aos olhos de qualquer visitante na loja. Destaque - É um estofado em nuances de cinza, de três lugares e chaise dupla. Com um desenho contemporâneo e molejo italiano, essa é uma peça que, literalmente, define um foco, que pode ser uma lareira, uma estante etc. “Com um móvel elegante por si só como esse, todo o resto fica por conta da originalidade e da personalidade do consumidor. O importante é sentir-se bem, independente da estação”, resume Anne.

PaginacincofotoumsofaanfitriaoFoto sofá1.jpg

FotosofadoisanfitriaopaginacincoFoto sofá2.jpg

Elegância para bem acolher: O sofá em chenile estabelece com os sentidos uma relação de maciez e a grande vantagem é que é aconchegante para o inverno e não aquece em excesso no verão.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann.


Para viver bem

Novas alternativas

Não é novidade que a preocupação com o meio ambiente aumentou consideravelmente. Governos discutem maneiras para a redução da poluição, mas não são somente eles que podem resolver o problema. Hoje, cada um de nós pode ajudar também a tornar o mundo mais agradável para as futuras gerações. E as soluções são simples. Na decoração, por exemplo, uma bela casa não depende de móveis e objetos que agridam a natureza. Produtos ambientalmente corretos e com design bonito existem e são cada vez mais procurados e estudados. O chamado design sustentável já é tema, inclusive, dos cursos superiores na área. Em Santa Maria o assunto é pauta de aulas e discussões entre estudantes que buscam por soluções sustentáveis e inteligentes para móveis e objetos decorativos.

Edu Mazzini Júnior, designer e professor do curso no Centro Universitário Franciscano, sabe da importância de seu trabalho na preservação do meio ambiente: “Nós temos em mãos a possibilidade de diminuir possíveis impactos ambientais, buscando novas possibilidades criativas para projetar produtos diferenciados, que promovam vantagens como menor geração de resíduos, redução de custos, melhoria da imagem corporativa e atração de novos consumidores”. E os frutos de seu trabalho já podem ser colhidos. Um de seus alunos, o acadêmico Diogo Borges, desenvolveu em seu trabalho final de graduação, um novo material, resultado da utilização do excedente da casca de arroz, que pode ser prejudicial ao meio ambiente, com resina natural. A experiência resultou na confecção de mobiliário de baixo custo, qualidade e preocupação ambiental. Mazzini Júnior orgulha-se do resultado: “Este estudo demonstrou o potencial da matéria prima explorada pelo acadêmico, preocupação sócio-ambiental e criatividade na busca de novas soluções, sendo esta ainda objeto de pesquisa.”


PaginaseisfotosustentavelnovasalternativasFoto sustentável.jpg

Na foto, uma proposta de mobiliário produzido a partir de chapas de casca de arroz e resina natural.

Créditos: Arquivo Pessoal


Estilo ambientalmente correto

Requinte, elegância e compromisso ambiental dentro de casa. Essa parece ser a proposta do futuro. E, felizmente, o presente apresenta opções merecedoras de aplausos bem perto de nós. É o caso dos móveis Masotti. De acordo com a loja de Santa Maria, sustentabilidade é palavra de ordem e ela aparece, lado a lado com a qualidade, desde a escolha da madeira ecologicamente correta. A relação entre a matéria-prima e a ecologia se dá com dois principais propósitos: primeiro, pelo fato da responsabilidade e o compromisso ambiental não ser direito, mas um dever; segundo, porque as pessoas reconhecem quem preserva a natureza.

E, por esse motivo, o conceito da sustentabilidade absoluta foi assimilado rapidamente. Segundo Anne Caldas, gerente da loja na cidade, a fábrica utiliza 100% de madeira proveniente de florestas manejadas. Conforme as informações organizacionais, o cedro foi substituído por madeira nobre sustentável, atendendo a necessidade do mercado. E, para quem não conhece essa opção, ela é uma madeira com origem legal nos pólos, com sustentabilidade social, ambiental e econômica. Com uma história de mais de 50 anos e já consolidada no ramo da exportação, o meio ambiente não poderia deixar de ser preocupação. É sempre uma condição e uma garantia de que todo o móvel que trás o bem estar de diversas famílias consumidoras tem uma história de responsabilidade social por trás. Por isso, a Masotti investe cada vez mais na tecnologia estrangeira, adequando-se ao seu processo produtivo e aos padrões e exigências internacionais. Sonho de consumo - Uma peça que reúne todo o sonho que citamos ser proposta de futuro, requinte, elegância e compromisso ambiental, é uma novidade em sala de jantar. A mobília é o reflexo de que a matéria-prima dá vida à obra do design Sergio Bertti, de quem a loja vende peças na região com exclusividade. A opção explora o estilo tradicional da Masotti, com linhas e traços do período colonial e, ainda, consegue trazer um toque peculiar do modernismo.


ArtigomasottiambientalmentecorretoFoto sala de jantar.jpg

Lançada na última exposição da Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração (ABIMAD), o conjunto é uma verdadeira relíquia. O diferencial fica por conta da mistura do acabamento da madeira de demolição, os pés torneados e em alumínio maciço, o uso de poltronas com braços e os detalhes em capitonê, nas cabeceiras da mesa. A beleza também verifica-se na parte de trás da cadeira, toda trabalhada em junco em trama manual. Além de durabilidade, rusticidade e harmonia com a natureza, o conjunto revela personalidade.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann


Paisagismo

Boa dica

Os condomínios residenciais, atualmente, vêm agregando inúmeras novidades: são vários os itens disponibilizados pelas construtoras a fim de satisfazer seus clientes. Ambientes que aliam conforto e bem estar são fundamentais, exigindo dos arquitetos atenção redobrada na hora do projeto. Contudo, além de ser bem planejado, o imóvel pode ganhar mais quando há investimentos na área do paisagismo. Priorizando o contato com o verde, os projetos se adaptam ao terreno e as plantas já existentes, sem deixar de analisar as necessidades dos moradores e o respeito ao meio ambiente. O paisagismo agrega qualidade de vida e personalidade, valorizando o empreendimento no mercado e complementando os projetos arquitetônicos.


BoadicapaisagismopaginaseteResidecanadas4.jpg


Créditos: Divulgação


Sucesso

Versatilidade e foco


Do clássico ao moderno. Do romântico ao contemporâneo. Essa versatilidade é marca registrada da Arq Conjunta. A empresa procura desenvolver um trabalho sempre focado na satisfação do cliente, aliando o estilo do arquiteto ao gosto de quem opta por seus serviços. Há 25 anos no mercado, tornou-se uma empresa respeitada e tradicional em Santa Maria e região, e hoje desenvolve projetos nas mais diversas áreas. A equipe é composta por três arquitetas: Nívia da Costa, Téssia Pereira e Bianca Munaretto. Também faz parte da equipe uma engenheira civil, Francine Abaid. Elas atuam na elaboração de projetos arquitetônicos, arquitetura de interiores, projetos paisagísticos e urbanísticos como loteamentos e condomínios fechados, além de contemplar em seu currículo inclusive a elaboração do plano diretor da área física de instituições de ensino. Destacam-se o Centro Universitário Franciscano, o Colégio Franciscano Sant’anna, a Policlínica Wilson Aita junto ao HCAA, a Choperia Alemanha, a Casa das Irmãs Idosas em Cerro Largo e o Laboratório de Ciências do Colégio Santa Inês em Porto Alegre.


PaginaseteversatilidadeefocoFoto floriano.jpg

Na foto, o Centro Profissional Floriano Peixoto, obra na área comercial e de serviços.

Créditos: Andrewes Pozeczek Koltermann

Para iluminar

Como tornar sua casa radiante

Determinados detalhes fazem a diferença numa casa. Alguns deles, inclusive, de detalhes passam para protagonistas tamanho são seus resultados num ambiente. É o caso da iluminação. O assunto é pessoal e deve ser feito sob medida. E atenção: se decidir reformar a casa ou construir, uma boa dica é conversar com um profissional que elabore um projeto de iluminação de acordo com seu gosto.

Hoje existem milhares de equipamentos para ter uma iluminação inteligente em casa, que funcionam por controle-remoto, acendem automaticamente em alguns pontos da casa e por aí vai. A tecnologia é uma aliada. Algumas dicas podem ajudar você a tornar o ambiente além de agradável e aconchegante, uma referência. Confira e siga aquelas que melhor combinam com a sua personalidade e com o seu lar:


  • Na hora da escolha, se optar por lâmpadas fluorescentes econômicas, é fundamental certificar-se de que elas não ficarão aparentes. Segundo especialistas na área não há nada tão sem glamour do que uma lâmpada caindo para fora da luminária. E isso vale até para as mais bonitinhas. E, ainda no quesito lâmpadas econômicas, prefira as de luz amarela em vez da luz branca. O efeito é muito mais acolhedor no ambiente.
  • Trocar a iluminação direta (de lustres) pela indireta (de luminárias e abajures) é outra atitude bacana. A sensação de conforto é imediata e você se sente literalmente em casa.
  • Os adeptos de casas mais descontraídas e modernas podem optar pela utilização das luzes LED dentro de casa. Elas podem ser colocadas atrás de painéis ou mobílias, para criar um efeito inspirado em bares ou clubes.
  • Os pendentes são peças cada vez mais usadas, e deixam o ambiente com um ar mais contemporâneo, além de favorecer a iluminação. Uma dica é usá-los no quarto, por cima das cabeceiras dos dois lados da cama.
  • As cores das lâmpadas podem ser escolhidas de acordo com o ambiente. Em ambientes ativos como cozinhas, áreas de serviço e escritórios, opte por luzes brancas ou azuladas. As de tons amarelados tornam a atmosfera mais tranquila e aconchegante, por isso podem ser usadas em salas de jantar, dormitórios corredores e banheiros.
  • O forro de gesso, rebaixando o teto, com spots embutidos, está em desuso, estando hoje em evidência peças decorativas.
  • Os focos iluminados são marcantes: definem a circulação, iluminam quadros e valorizam peças de decoração.
  • Design mais arrojado harmoniza com ambientes como o living, o lavabo e o hall de entrada.
  • A luz tende a ser indireta, sendo rebatida por uma superfície. Além de agradar aos olhos, é resposta para questões específicas, como a luminária para leitura.
  • Usar o dimer, dispositivo que controla a luminosidade, proporciona diferentes tipos de iluminação, além de trazer economia de energia e aumentar o tempo de vida das lâmpadas.



Pagina8fotolustreumradiante1Lustre 1.jpg

Fotolustredoispagina8radiante2Lustre 2.jpg

Os exemplos de lustre na foto já denotam os diferentes estilos que são possíveis de encontrar no mercado.

Créditos: Divulgação


Asluzesleddentrodecasardiante3pagina8Led.jpg

As luzes LED dentro de casa remetem a um estilo moderno e caem como uma luva para os ambientes mais adolescentes ou de adultos mais despojados.

Créditos: Divulgação


Ospendentesradiante4foto4pagina8Pendentes.jpg

Os pendentes (acima, na foto) arrematam a decoração da sala de jantar, trazendo charme para a decoração. O foco de luz localizado no abajur (atrás), e as luzes indiretas (ao fundo do móvel) dão ares de aconchego e bem estar ao ambiente.

Créditos: Divulgação